Edição anterior (2199):
terça-feira, 17 de novembro de 2020
Ed. 2199:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2199): terça-feira, 17 de novembro de 2020

Ed.2199:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

Falta tudo na Rua Nossa Senhora do Sion no Carangola

Lugar precisa de uma série de serviços

Camila Caetano – especial para o Diário

 

Durante muito tempo, a Rua Nossa Senhora do Sion, localizada ao final da Estrada do Carangola, vem precisando de uma série de intervenções. Por lá, os problemas como falta de pavimentação, de roçada e de capina, e descarte irregular de entulhos, além de reduzir a acessibilidade do lugar, o deixa cada vez mais perigoso. No ponto final do ônibus, que já teve a linha retirada, agora virou um depósito de caminhões e de restos de obras. A rua, apesar de não possuir paralelos ou asfalto, consta na prefeitura como asfaltada, e, o matagal já toma conta da via. Segundo os relatos, por apresentar tais características a rua já foi palco de alguns crimes. A via também poderia ser utilizada por cidadãos do município como rota alternativa para acessar localidades de Corrêas, no entanto, devido as suas más condições, isso não tem acontecido.

- O ponto final do ônibus do lugar que já teve a linha retirada há dez anos se transformou em um depósito de caminhões e de restos de obras. O mato toma conta da rua a cada vez mais. A Nossa Senhora do Sion dá acesso ao bairro Caetitu e Prado, em Corrêas, mas, como não recebe a manutenção, poucas pessoas passam por lá, e, por estar deserta, virou um lugar onde já aconteceram assaltos e até mesmo estupros. No entanto, apesar desses fatos, nenhum órgão público promoveu alguma providência. Em alguns trechos dessa rua, roedores e outros insetos saem do bueiro e em dias de chuva, a mesma se transforma em um lamaçal – informou um cidadão, que não quis se identificar.

Questionada, a Secretaria de Obras informou vai enviar uma equipe ao local para avaliar a demanda e promover as melhorias na localidade. A CPTrans informa que, atualmente, a localidade é atendida pela linha 505 - Vila Manzini e pela linha Amoêdo.



Edição anterior (2199):
terça-feira, 17 de novembro de 2020
Ed. 2199:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2199): terça-feira, 17 de novembro de 2020

Ed.2199:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior