Edição anterior (2200):
quarta-feira, 18 de novembro de 2020
Ed. 2200:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2200): quarta-feira, 18 de novembro de 2020

Ed.2200:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Família perde todos os móveis e fica desalojada após chuva em Petrópolis

Wesley Fernandes - especial para o Diário

 

Uma família de Vila Rica, em Pedro do Rio, perdeu todos os móveis da casa após o temporal que caiu em Petrópolis na tarde da última segunda-feira (17). Em pouco tempo de chuva, a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias registrou sete ocorrências. Diversas ruas e bairros ficaram alagados após o nível do rio subir e transbordar. Os locais mais atingidos foram Pedro do Rio e Vila Rica, onde duas famílias ficaram desalojadas devido a um grande volume de água atingir alguns imóveis.

Entre as casas atingidas, está a da cabeleireira Viviane Gomes da Silva, de 36 anos. Além da residência, a enchente atingiu também seu salão de beleza, que funcionava na garagem, sobrando apenas móveis e eletrodomésticos destruídos em meio a muita lama.

Em conversa com o Diário de Petrópolis, ela contou que estava em casa com os dois filhos quando percebeu o temporal. "Eu estava trabalhando, meu caçula estava esperando a chuva passar para ir até a aula de reforço e meu outro filho, que tem deficiência mental, estava dormindo. Em questão de segundos a água começou a invadir nossa casa destruindo tudo", lamentou.

Além da casa da cabeleireira, outras residências foram atingidas na região e uma segunda família também ficou desalojada. Técnicos da Defesa Civil e Assistência Social estiveram no local dando suporte para os atingidos. Equipes da Comdep também foram deslocadas para realizar a limpeza da localidade.

O temporal também deixou rastros em outros bairros de Petrópolis. Ruas como Coronel Veiga e Mosela sofreram após o transbordamento de rios. Na Castelânea a queda de uma árvore tumultuou o trânsito. O maior índice de chuva foi registrado na Duarte da Silveira, com 27 milímetros em 1 hora.

Segundo o Sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário de Petrópolis (Setranspetro), a circulação das linhas de ônibus que passam pela Rua Coronel Veiga ficou comprometida após o rio transbordar e invadir a via. No Duarte da Silveira, uma árvore caiu na Rua Doutor Arthur Cruz e impediu a passagem da linha 140 - Comunidade Vitória.



Edição anterior (2200):
quarta-feira, 18 de novembro de 2020
Ed. 2200:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2200): quarta-feira, 18 de novembro de 2020

Ed.2200:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior