Edição anterior (2054):
quinta-feira, 25 de junho de 2020
Ed. 2054:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2054): quinta-feira, 25 de junho de 2020

Ed.2054:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Famílias em vulnerabilidade social com idosos que precisam de isolamento poderão solicitar abrigo na Unidade de Acolhimento Provisório Covid-19

            Famílias em vulnerabilidade social que têm idosos em casa com risco de contaminação do coronavírus podem solicitar acolhimento à Assistência Social. É necessário fazer um agendamento para avaliação de perfil e, logo após, caso o idoso se enquadre no perfil estabelecido, ele é encaminhado à Unidade de Acolhimento Provisório Covid-19 – uma casa alugada da Mitra Diocesana. Além da equipe técnica, que acompanha os usuários 24 horas por dia, a casa foi equipada e segue todas as recomendações do Ministério da Saúde

O investimento está sendo feito com verba do Ministério da Cidadania destinada para este fim. O imóvel, que já está em funcionamento, conta com três alas distintas: uma para idosos referenciados pelos Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) e também os que chegarem através das solicitações das famílias; outra para a população em situação de rua que necessitem de isolamento por conta da fragilidade na saúde; e uma classificada como “de emergência” para pessoas que testem positivo ou que estejam com suspeita.

“O espaço serve, por exemplo, para idosos que moram com muitas pessoas em casa e correm risco de contaminação, mas não têm para onde ir neste período de pandemia. É um espaço temporário. O isolamento social ainda é a melhor arma para combatermos a proliferação do coronavírus”, explica a secretária de Assistência Social, Denise Quintella.

           Para se enquadrar no projeto as famílias precisam ter renda de até três salários mínimos. Elas também passarão por uma triagem da equipe técnica para avaliar a situação do idoso. Os agendamentos poderão ser feitos pelos telefones dos CRAS (Centros de Referência de Assistência Social).

O local conta com sala de enfermagem, testagem para o coronavírus, cuidadores e acompanhamento nutricional. Além de acompanhamento dos enfermeiros e da equipes da Secretaria de Saúde. Os usuários também têm atividades pedagógicas e aeróbicas e ainda contam com sala de televisão e espaço externo para banho de sol e atividades ao ar livre.

Vale ressaltar que os idosos não poderão receber visitas, mas o espaço possui sinal de internet, o que possibilitará que eles mantenham contato com os familiares através de vídeos chamadas ou por telefone. 

Telefones CRAS:

Centro: 2249-4280 ou 2245-8272

Retiro: 2246-9150

Independência: 2249-4347

Corrêas: 2221-0047

Carangola: 2246-6330

Posse: 2259-1366

Itaipava: 2246-8745



Edição anterior (2054):
quinta-feira, 25 de junho de 2020
Ed. 2054:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2054): quinta-feira, 25 de junho de 2020

Ed.2054:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior