Edição anterior (1640):
quarta-feira, 08 de maio de 2019
Ed. 1640:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1640): quarta-feira, 08 de maio de 2019

Ed.1640:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Farmácia Solidária será mais um serviço dos Centros de Referência e Assistência Social

Unidades do CRAS atuarão em parceria com projeto criado para garantir o melhor aproveitamento de medicações

            O projeto Farmácia Solidária será mais uma porta de acesso a medicamentos para os usuários da rede pública de saúde. A partir de parceria com a Secretaria de Assistência Social, esse será mais um serviço oferecido nos oito Centros de Referência de Assistência Social (CRASs) do município. As unidades voltadas para a assistência da população em vulnerabilidade social atuarão em conjunto com o projeto, na disponibilização de medicamentos que constam na lista dos fornecidos pela rede de atenção básica.

            A partir da segunda quinzena de maio, as unidades do CRASs serão ponto de apoio para os usuários terem acesso ao projeto Farmácia Solidária e obter os medicamentos a partir de prescrição médica. A doação dos remédios ocorrerá de acordo com a disponibilidade do projeto. “Esse serviço é uma parceria que vem somar ao já oferecido pela rede pública de saúde. As unidades dos CRAS são portas de entrada para diversos serviços e esse será mais um importante benefício”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.

            O projeto Farmácia Solidária nasceu em 2016 a partir de um trabalhado desenvolvido pela Universidade Estácio de Sá, em Nova Friburgo. A iniciativa foi trazida esse ano para o campus da instituição de Petrópolis, no Bingen. A extensão para as unidades do CRAS visa ampliar o acesso ao serviço. “A parceria com o projeto contribuirá muito com o atendimento que oferecemos nos CRASs, será um serviço a mais”, destaca a secretária de Assistência Social, Denise Quintella, explicando que nenhum medicamento será fornecido sem a indicação médica: “nossos profissionais dos Centros de Referência estão sendo preparados e trabalharão em conjunto com os farmacêuticos do projeto”.

            Atualmente o projeto possui mais de 150 tipos de medicações e em Petrópolis é mantido por dois farmacêuticos e conta com o suporte de 30 alunos de Farmácia da faculdade, que administram e controlam a qualidade e validade dos medicamentos doados ao projeto. A iniciativa teve início a partir de estudo sobre contaminação ambiental por medicamentos descartados incorretamente. De acordo com uma das idealizadoras, a professora Luciana Lessa, o projeto visa minimizar os impactos ambientais, mas principalmente “reduzir o desperdício e facilitar o acesso aos que mais necessitam”.

            O projeto também funciona como ponto de descarte dos medicamentos. “Os medicamentos que não se encontram em condições de serem doados para a população, são encaminhados para o para descarte correto”, explica a professora que atua nos polos de Petrópolis e de Nova Friburgo. Os medicamentos que exigem controle especial não estão na lista dos disponibilizados pelo projeto. “Os medicamentos são diversos, pois recebemos muitas amostras grátis”, conta.

CRAS oferece uma gama de serviços aos usuários acompanhados

Atualmente as unidades do CRAS têm aproximadamente 22.500 mil pessoas registradas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). O serviço oferece acesso diversos benefícios e serviços comunitários, entre os quais o Bolsa Família, para auxílio a renda familiar; o Cartão Imperial, voltado para o suporte a nutrição; o Benefício de Proteção Continuada (BPC), para idosos com baixa renda per capta;  Cartão do Idoso e o ID Jovem, que oferecem benefícios e descontos para as faixas etárias; o Programa Criança Feliz, voltado para o desenvolvimento na primeira infância; o Acessuas, para o ingresso ao mercado de trabalho; e o Peti, para erradicação do trabalho infantil.

Além da inclusão em programas, os usuários dos CRASs participam de oficinas, palestras e atividades diversas desenvolvidas por agentes, pedagogos, psicólogos e assistentes sociais.            

O projeto Farmácia Solidária é mais um dos benefícios que estará disponível em todas as unidades do CRAS:

CRAS Quitandinha - Rua Alagoas, s/nº – Quitandinha. Contato: 2246-9150

CRAS Centro - Rua Dr. Sá Earp, 35, Centro, Petrópolis/RJ (Antiga Secretaria de Segurança). Contato: 2245-8272

CRAS Retiro - Rua Henrique Dias, 221 – Retiro. Contato: 2246-4568

CRAS Posse - Estrada União e Indústria, S/N, ao lado do CIEP Gabriela Mistral (CEU da Posse). Contato: 2259-1366

CRAS Corrêas - Rua Vigário Correa, 443 – Corrêas. Contato: 2221-0047

CRAS Vale do Carangola - Rua Waldemar Vieira Afonso, 19 – Antiga ONG - Vale do Carangola. Contato: 2246-6330

CRAS Itaipava - Estrada União e Indústria, 11860 – Itaipava. Contato: 2222-7270

CRAS Madame Machado - Rua Geraldo Lourenço Dias, s/nº (ponto final do ônibus 704) – Madame Machado. Contato: 2249-4281



Edição anterior (1640):
quarta-feira, 08 de maio de 2019
Ed. 1640:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1640): quarta-feira, 08 de maio de 2019

Ed.1640:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior