Edição anterior (1744):
terça-feira, 20 de agosto de 2019
Ed. 1744:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1744): terça-feira, 20 de agosto de 2019

Ed.1744:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Feirão Limpa Nome: UCP confirma participação também negociando débitos de estudantes

            A Universidade Católica de Petrópolis (UCP) confirmou que também fará parte do grupo de empresas e instituições que irão participar da segunda edição do Feirão Limpa Nome. A adesão foi acordada em reunião nesta segunda-feira (19.08) entre o coordenador do Procon, Bernardo Sabrá e o pró-reitor administrativo adjunto da universidade, Carlos Henrique Lisboa. Agora, além da equipe de alunos do Núcleo de Prática Jurídicas auxiliando à população nos dias de feirão, a UCP estará negociando dívidas de estudantes pendentes com a instituição de ensino.

            O Feirão Limpa Nome está confirmado para a próxima semana: de 26 a 30 de agosto. Nos cinco dias, as negociações com 24 empresas ocorrem das 9h às 16h, na Casa dos Conselhos – Avenida Koeler, 260. As empresas que estarão negociando débitos são os bancos Santander, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú e Banco do Brasil; as empresas de telefonia, internet e TV à cabo, Oi, Claro, Tim, Vivo, Sky, Net e Tech Cable; as concessionárias Enel e Águas do Imperador; as varejistas Casas Bahia e Ponto Frio; as sapatarias Bico da Bota, Stella Maris e Real Modas; as lojas de vestuário Pirulito e Gisele Jeans; a Ótica Obeslico e a Servir – empresa de cartões de crédito do Grupo Mil.

            “Essa é uma oportunidade de acordar com as empresas credoras. As negociações com as instituições participantes são feitas com a condicionante de oferecerem oportunidades de refinanciamento, parcelamentos e descontos exclusivos”, explica o prefeito Bernardo Rossi. “Temos como meta superar os acordos da primeira edição e acreditamos que, com a expansão de três para cinco dias e uma hora a mais em cada um deles, teremos ainda mais pessoas satisfeitas com a ação”, destaca Sabrá.

            Na primeira edição, quase 900 pessoas negociaram um valor superior a R$ 2,5 milhões. A média de acordo girou em 86% de desconto, mas, em alguns casos, os abatimentos chegaram a 99%, como a de um uma consumidora que conseguiu negociar uma dívida de R$ 10.571 para pagamento de uma única parcela de R$ 104,17. Para negociar com as empresas é só comparecer ao Feirão Limpa Nome dentro do horário, retirar uma senha e aguardar ser chamado. É importante levar cobranças antigas e documentos de identificação com foto.

Nesta edição, os consumidores vão contar com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) para consultar se estão com o nome negativado junto ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e por qual empresa. Essa inclusão atende a uma demanda percebida na primeira edição, onde muitas pessoas sabiam que estavam com o nome negativado, mas desconheciam qual empresa havia colocado o nome no cadastro. Além disso, a OAB estará homologando os acordos junto com os fiscais do Procon e a UCP vai participar com estudantes de direito dando auxílio nas dúvidas dos consumidores, bem como os estudantes de direito da Estácio, que também irão auxiliar no Feirão.



Edição anterior (1744):
terça-feira, 20 de agosto de 2019
Ed. 1744:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1744): terça-feira, 20 de agosto de 2019

Ed.1744:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior