Edição anterior (2056):
sábado, 27 de junho de 2020
Ed. 2056:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2056): sábado, 27 de junho de 2020

Ed.2056:

Compartilhe:

Voltar:


  Colunistas
Fernando Costa
COLUNISTA

 

 

São Pedro Apóstolo e São Pedro de Alcântara

Tornou-se comum na semana que antecede o dia 29 de Junho o telefone da Secretaria da Catedral São Pedro de Alcântara não pare e em sua maioria são pedidos de informações sobre os horários das Celebrações Eucarísticas. Os fiéis que têm o hábito de comparecerem às missas, principalmente aos domingos nos diversos horários afixados no quadro de avisos bem à porta da Catedral ouviram por diversas vezes durante as homilias se esclarecer que no dia 29 de Junho comemora-se a chegada dos Primeiros Colonos Alemães na Imperial Cidade de Petrópolis, desde 1845. Idênticas informações são veiculadas pela Rádio Imperial durante todos esses dias inclusive enfocando a programação da Bauernfest que tem sido um sucesso. Coincidentemente o dia 29 de Junho é o dia consagrado aos Apóstolos São Pedro e São Paulo. O dia 29 de Junho, portanto é um dia de feriado histórico e não religioso, porque de conformidade com a Liturgia, todos os Dias Santos ocorridos durante a semana eles são transferidos para o domingo seguinte, assim sendo a festa dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo, reunidos pela Liturgia Romana numa só solenidade por considerá-los os fundadores e Pilares da Igreja de Roma. Na Catedral as missas de domingo são às 8h, 10h, 11h30m e às 18:30m.  Outra confusão que precisa ser esclarecida: São Pedro, o primeiro Papa da Igreja de Cristo foi um dos 12 Apóstolos, pela tradição o primeiro deles. Não Há como se confundir com  São Pedro de Alcântara, o primeiro Padroeiro do Brasil, Dec.SS.Papa Leão XII de 31-05-1826, Confessor da Família Imperial Brasileira e Portuguesa, (são vários Membros Pedro na Família) é comemorado em 19 de Outubro, dia de sua morte, tanto que durante uma semana a Paróquia São Pedro de Alcântara que abriga a Catedral realiza tradicional festa, com restaurantes típicos, lanches, presentes e shows.  No Calendário Litúrgico, a Procissão, Recitações do Terço e as Missas são cuidadosamente preparadas e essas enriquecidas pelos Corais, reservando horários durante a semana para os concertos, inclusive doravante sob os acordes do órgão recém-restaurado.  Não nos confundamos mais: O dia da Chegada dos primeiros Colonos à Petrópolis é feriado, não porque é dia de São Pedro e São Paulo, mas por constituir-se uma data histórica para a Cidade de Petrópolis.  Muitos perguntarão não é Nossa Senhora Aparecida a Padroeira do Brasil? É, continua sendo. Sempre será porque é a Mãe de Deus e nossa e por força do Decreto do SS. Papa Pio XI, de 16-07-30.  De início, a Família Imperial instituiu São Pedro de Alcântara à honraria de Primeiro Padroeiro do Brasil. Com que alegria São Pedro de Alcântara ele ao abrir mãos desse privilégio  à Maria Santíssima mais uma vez a dignificou para o mundo. Ele que não foi um dos doze Apóstolos, continua Co-Padroeiro do Brasil, por isso honra e glória ao Franciscano de Alcântara, lá na Espanha, homem de raras virtudes, vasta cultura e profunda santidade. Que nós Cristãos trilhemos os passos dos Apóstolos São Pedro e São Paulo e de São Pedro de Alcântara, Padroeiro de Petrópolis neste religare entre a terra e os céus.

 



Edição anterior (2056):
sábado, 27 de junho de 2020
Ed. 2056:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2056): sábado, 27 de junho de 2020

Ed.2056:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior