Edição anterior (2441):
sábado, 17 de julho de 2021
Ed. 2441:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2441): sábado, 17 de julho de 2021

Ed.2441:

Compartilhe:

Voltar:


  Colunistas
Fernando Costa
COLUNISTA

 

 

TRAGAM A TÚNICA NOVA

 

Fernando Costa - jornalista

                  Para a glória de Deus e em honra a Maria Santíssima, acaba de ser lançado o livro “Tragam a Túnica Nova” da lavra do confrade professor Ataualpa Antônio Pereira Filho, presidente da Academia Petropolitana de Educação e confrade da Academia Petropolitana de Letras.

           A obra integra as Edições da Diocese de Petrópolis, impressa na

Editora Vozes e está à venda em suas lojas e a renda totalmente destinada a esse meritório projeto beneficente.

            Realiza um pedido formulado pelo amado Padre José Carlos Medeiros Nunes, o Pe. Quinha, inclusive o título foi sugerido por ele.

                  Tem como pilar o acolhimento e é baseada na parábola do Filho Pródigo.  

                  Há 15 anos ela recebeu os primeiros lampejos. Traz 40 depoimentos de irmãos abraçados pela Oficina de Jesus e Pastoral de Rua, obras do Padre Quinha, totalmente devotadas à benemerência.

                  Ajuda não só àquele que se tornou dependente do alcoolismo, mas, sobretudo, veste, alimenta e restaura a dignidade da pessoa humana.

                  Traz, inclusive, um relato autobiográfico, a história, o começo e o seu caminhar, a oração, os passos da sobriedade, dando o peixe e ensinando a pescar, enfim, belezas a começar pela capa (a transubstanciação – presença Real de Cristo na Eucaristia, através das mãos do amado padre Quinha, palavras contidas no último julgamento - Mateus, 25, 35-36 (Pois eu tive fome, e vocês me deram de comer; tive sede, e vocês me deram de beber; fui estrangeiro, e vocês me acolheram; necessitei de roupas, e vocês me vestiram; estive enfermo, e vocês cuidaram de mim; estive preso, e vocês me visitaram.

                   "Então os justos lhe responderão: 'Senhor, quando te vimos com fome e te demos de comer, ou com sede e te demos de beber? Quando te vimos como estrangeiro e te acolhemos, ou necessitado de roupas e te vestimos?   

                     Quando te vimos enfermo ou preso e fomos te visitar?), a Ave Maria a se entrelaçar ao título e a louvação diária a Maria de autoria de nosso querido sacerdote),  dedicatória, a eloquente apresentação de nosso Bispo Diocesano Dom Gregório Paixão, relatos e considerações produzidos pelo prestigiado autor Ataualpa e o posfácio do Padre Rafael Soares da Silveira, Vigário da Caridade da Diocese de Petrópolis, que abraçou a missão pontificada por Padre Quinha,  Apóstolo de nossos dias cujas palavras ecoam em nossos corações: “Toda hora, todo dia, de mãos dadas com Maria.”

                     Conclamo aos amigos e ao povo de Deus a que leiam “Tragam a Túnica Nova”. Estarão revivendo o Venerável Padre Quinha, ajudando a manter vivas as obras que recuperam, restauram e renovam a autoestima de tantos filhos do Altíssimo sob o pálio da Mãe do Belo Amor.

A Associação Oficina de Jesus o espera. Entre em contato pelo telefone 98857-9035 e  venha fazer parte desse apostolado.

                      Parabéns confrade Ataualpa, ourives da literatura, que os céus lhe devolvam em bênçãos, luz, paz, longa vida e saúde, iguais encômios a vossa esposa  Marta Lage  incansável  em prol da dessa produção e de tantas realizações  publicadas por nossos confrades aqui e alhures.

 

 



Edição anterior (2441):
sábado, 17 de julho de 2021
Ed. 2441:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2441): sábado, 17 de julho de 2021

Ed.2441:

Compartilhe:

Voltar: