Edição anterior (1617):
segunda-feira, 15 de abril de 2019
Ed. 1617:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1617): segunda-feira, 15 de abril de 2019

Ed.1617:

Compartilhe:

Voltar:


  Colunistas
Gilberto Pinheiro
COLUNISTA

 

 

CRIADA A COMISSÃO NACIONAL DE PROTEÇÃO E DEFESA DOS ANIMAIS DA OAB


 A OAB nacional criou  Comissão Especial na Defesa dos animais, que será presidida pelo advogado e biólogo Reynaldo Velloso 

 

Insistir, ter competência para conquistar espaços importantes, é a meta daqueles que sabem o que fazem.   Refiro-me especificamente ao nobre amigo, presidente da CPDA/OAB-RJ, Comissão de Proteção e Defesa dos Animais no Rio de Janeiro,  Reynaldo Velloso, que deu um passo importantíssimo na  sua trajetória em defesa da  fauna em amplo espectro em nosso país.  Fora convidado pelo presidente da OAB - Ordem dos Advogados do Brasil, o advogado Felipe Santa Cruz para ocupar a presidência da Comissão Especial de Proteção e Defesa dos Animais  em âmbito nacional, comissão recém-criada e que surgiu em boa hora, sem sombra de dúvidas, um avanço inconteste e de extrema importância na proteção à fauna, seja ela doméstica, domesticável, exótica ou selv agem em todo o nosso país. O seu mandato é de três anos, podendo ser renovado automaticamente.

Tal decisão fora tomada no dia 08 do corrente mês, na sede do Conselho Federal, em Brasília, contando com a presença de diversos presidentes de seccionais dessa importantíssima instituição, além de conselheiros federais, dando posse ao citado amigo, advogado e biólogo como presidente dessa nova comissão.  Velloso afirmou que convidará todos os presidentes das CPDAs para integrar a recém formada comissão e novos tempos virão com outras vitórias emblemáticas na defesa dos animais, como ocorrera em diversas ocasiões no Rio de Janeiro. A partir de agora, será  uma comissão mais robusta, mais emblemática, podendo articular com o Congresso Nacional, Tribunais de Justiça, Ministério(s)  Público(s), além de defensorias e demais instituições do Poder Público.   Sem dúvida, um passo importantíssimo que abrirá outros caminhos, nessa luta pacífica, cotidiana e difícil,  sobre assuntos considerados polêmicos na defesa animal.   As leis precisam ser respeitadas e, agora, com essa novíssima comissão, o céu será azul, de brigadeiro.   Eu não tenho dúvidas disso!     

E já está agindo como presidente dessa comissão nacional. Sexta-feira, dia 12/04/2019, esteve em Saquarema, região dos Lagos e município do Rio de Janeiro, juntamente com a presidente do Fórum Animal, Elisabete Mcgregor, articulando a criação de uma Subcomissão de Defesa dos Animais da OAB, dialogando com autoridades da OAB, MP local,  o que é necessário e indispensável para este objetivo.  A cada dia, a causa protetiva animal ganha mais espaço e agora, em âmbito nacional.   O dia oito passado é para ser guardado a sete chaves e a sociedade brasileira precisa ficar ciente que terá a quem recorrer e até denunciar assuntos ligados aos maus-tratos aos animais, sem esquecer que, a partir de agora, a causa fica mais fortalecida o que é, inegavelmente, uma grande e insofismável conquista.     
A CPDA/OAB-RJ / Comissão de Proteção e Defesa dos Animais da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Rio de Janeiro, continuará a existir, também presidida por Reynaldo Velloso que ajudou a libertar os equinos em Petrópolis, com o fim das charretes, assim como em Paquetá e outras inúmeras participações decisivas e emblemáticas, libertando  os animais de todos e quaisquer tipos de maus-tratos.

Portanto, a sociedade brasileira, a partir de agora, terá uma grande representação na defesa dos animais, uma comissão de âmbito nacional e que trará muitas esperanças de vitórias e expectativas de que nada é impossível pelo bem-estar de todos os animais de nosso país.  Questões como rodeios, vaquejadas,  farra do boi (já proibida no Brasil desde 1997, mas, que desafia a lei) poderão ter seu fim.    Assim, parabenizo o amigo Reynaldo Velloso por esta merecida vitória, estando à frente dessa importantíssima conquista de âmbito nacional.
 Somente os que têm ideais construtivos e edificantes alcançam seus objetivos por insistência e proficiência em seus trabalhos. 

Parabéns, ao ilustre amigo Reynaldo Velloso. Quero que saiba que poderá sempre contar com meus humildes préstimos, divulgando seu trabalho frente a essa bem-vinda comissão,não apenas em jornais onde possuo espaço ou coluna, assim como em escolas, universidades, condomínios onde ministro palestras educativas na defesa de toda fauna brasileira.

PINGANDO CONHECIMENTO    

O CFMV - Conselho Federal de Medicina Veterinária
publicou, recentemente, resolução nº 1236 que institui
o regulamento para a conduta do médico veterinário  
e do zootecnista em relação à constatação de crueldade,
abuso e maus-tratos aos animais. Uma importante conquista
para ajudar no combate aos rodeios, vaquejadas, farra do boi
e outras formas de agressão aos animais.                         

Gilberto Pinheiro é jornalista, palestrante em escolas,
universidades sobre a senciência e direitos dos animais,
ex-articulista do site da AMAERJ - Associação dos Magistrados
do Estado do Rio de Janeiro, destacando a defesa dos animais   

E-mails:  pinheiro.gilberto@bol.com.br  / gilberto_pinheiro@yahoo.com.br

Somos o coração, a alma, a voz dos animaisGilberto Pinheiro



Edição anterior (1617):
segunda-feira, 15 de abril de 2019
Ed. 1617:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1617): segunda-feira, 15 de abril de 2019

Ed.1617:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior