Edição anterior (3217):
terça-feira, 29 de agosto de 2023
Ed. 3217:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (3217): terça-feira, 29 de agosto de 2023

Ed.3217:

Compartilhe:

Voltar:


  Geral

Governo do Rio celebra 30 anos da UnATI e sua transformação em Núcleo do Envelhecimento Humano da UERJ

Solenidade nesta segunda-feira foi marcada por palestras e apresentações de dança e canto dos alunos do Instituto


  Foto: GOV RJ

O Governo do Estado, por meio da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) celebrou nesta segunda-feira (28/08) o 30º aniversário da Universidade da Terceira Idade (UnATI). A solenidade comemorou não apenas três décadas de sucesso no atendimento à população idosa, mas também a recente e unânime aprovação pelo Conselho Universitário (Consun) para a transformação da UnATI em Núcleo de Envelhecimento Humano (NEH), uma unidade administrativa ligada ao Centro Biomédico da Uerj.

Ao se tornar um instituto, o NEH ganha autonomia e mais recursos para continuar promovendo atividades de ensino, pesquisa e extensão, consolidando o trabalho pioneiro realizado junto à população da terceira idade no Rio. Ele segue na missão de ser um centro de excelência onde ensino e pesquisas estão voltados a questões inerentes ao envelhecimento humano, e agora terão a oportunidade de estabelecer uma maior interação em todas as suas atividades.

O governador do Estado, Cláudio Castro, expressou sua admiração pela trajetória da UnATI e ressaltou a importância da recente transformação.

- A UnATI sempre foi uma referência em promover a qualidade de vida e a inclusão social dos idosos, não à toa é reconhecida pela Organização Mundial da Saúde como um programa modelo de assistência. Agora, como Núcleo de Envelhecimento Humano, ela terá a oportunidade de impactar ainda mais a sociedade, promovendo o envelhecimento ativo e saudável -  destacou.

A celebração reuniu a comunidade acadêmica, contou com a presença do secretário de Estado de Juventude e Envelhecimento Saudável, Alexandre Isquierdo, além de outras autoridades e idosos beneficiados pela UnATI.  A palestra "A Importância e Relevância dos Núcleos de Saúde no Ambiente Universitário: Um Caminhar Parceiro Entre Nesa e Neh" iniciou as atividades explicando o papel crucial dos núcleos de saúde no contexto universitário, enfatizando a importância da recente transformação da UnATI em NEH.

Os presentes tiveram a oportunidade de acompanhar também a apresentação de dança de salão e canto de alunos do Instituto, que animaram o público. Emocionados, idosos beneficiados pela UnATI compartilharam sua alegria.

- Estou emocionada por fazer parte deste momento especial, comecei na UnATI este ano e estou impressionada com a estrutura e funcionamento. Aqui utilizam a pedagogia de uma forma muito especial e respeitosa. Um dos maiores desafios do idoso é perceber-se idoso, e no Instituto tudo é trabalhado com uma sensibilidade impressionante para manter nós da 3ª idade motivados e ativos na sociedade. A UnATI já era uma luz na minha vida, e agora, como NEH, tenho certeza de que continuará brilhando ainda mais  -  frisou Maria Aparecida, de 82 anos, psicóloga e aluna de dança sênior do instituto.

O diretor do agora Núcleo de Envelhecimento Humano, Renato Peixoto Veras, aproveitou para destacar a relevância da UnATI na vida da pessoa idosa.

- A Universidade da Terceira Idade nasceu da constatação, 30 anos atrás, de que a população brasileira estava envelhecendo, a partir de dados demográficos. Naquela época o envelhecimento era uma questão menor, mas agora ganhou força na saúde pública. Nosso papel é antecipar os problemas para que a pessoa possa, nesses anos a mais, viver de forma qualificada, e ter motivação para seguir em frente. Através dessa vontade nós lutamos pela promoção da saúde e da participação social dos nossos idosos. Iniciativas como a nossa salvam vidas - enfatizou.



Edição anterior (3217):
terça-feira, 29 de agosto de 2023
Ed. 3217:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (3217): terça-feira, 29 de agosto de 2023

Ed.3217:

Compartilhe:

Voltar: