Edição anterior (1736):
segunda-feira, 12 de agosto de 2019
Ed. 1736:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1736): segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Ed.1736:

Compartilhe:

Voltar:


  Polícia

Homem que espancou namorada na 16 de Março é preso quando estava prestes a fugir

 

Com as malas prontas para deixar a cidade, Marcelo Bernardo, de 42 anos, flagrado por câmeras de segurança da Rua 16 de Março espancando a namorada, de 48, foi preso em uma ação conjunta das Polícias Civil e Militar, na tarde de domingo, no Vicenzo Rivetti. Ele estava em casa, prestes a fugir para a cidade de Londrina, no Paraná.

A vítima continua internada no Hospital Unimed, com duas fraturas no braço, nariz e ferimentos pelo corpo, como globo ocular lesionado. Ela prestou depoimento ainda na unidade de saúde, isso porque, ainda não tem previsão de alta. Com 1,90 de altura, o ex-namorado já foi transferido para o complexo penitenciário de Bangu, no Rio de Janeiro e autuado por lesão corporal qualificada, pelo risco de morte da vítima, no âmbito da Lei 11.340/2006.

O Mandado de Prisão Preventiva pelo crime de lesão corporal grave, pedido pela 105ª DP, onde o caso está registrado, foi expedido no domingo. Havia denúncias de que o homem estava se preparando para fugir e havia, inclusive, enviado uma mensagem para a vítima se despedindo, pedindo perdão e dizendo que a amava. " Sinto muito. O que eu fiz não tem perdão. Adeus, meu amor", dizia uma das mensagens.

A vítima solicitou medidas protetivas contra o acusado e contou à polícia que vinha há algum tempo sofrendo agressões psicológicas. Ele estava morando em Petrópolis há cerca de três meses e os dois chegaram a morar juntos por pouco mais de um mês. Há cerca de 30 dias, a mulher pediu que ele fosse viver com a mãe. O relacionamento durou sete meses.

Eles tinham combinado de se encontrar na noite de sexta-feira, nas imediações. Houve um breve desentendimento, mas a mulher não teria reagido. Porém, quando caminhavam pela Rua 16 de Março, o homem teria feito várias ofensas à vítima, que acabou respondendo. Nesse momento, iniciaram as agressões.

Imagens de uma câmera de segurança mostram o momento em que o homem encurrala a companheira em uma parede e a agride até a vítima cair no chão. O agressor fugiu do local e pessoas que passavam pelo local ajudaram a mulher.

Em depoimento à Polícia Civil, a vítima contou os dois tiveram um desentendimento quando estavam juntos em um restaurante e foram embora, cada um para um lado, e o homem teria ido atrás da namorada. Ela contou, também, que tentou se defender agachando e colocando o braço na frente do homem, que deferiu diversos socos em sua cabeça.

 



Edição anterior (1736):
segunda-feira, 12 de agosto de 2019
Ed. 1736:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1736): segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Ed.1736:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior