Edição anterior (2250):
quinta-feira, 07 de janeiro de 2021
Ed. 2250:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2250): quinta-feira, 07 de janeiro de 2021

Ed.2250:

Compartilhe:

Voltar:


  Impostos

 Impostos à vista ou parcelado: qual a melhor forma de pagar?

Optar pelo pagamento com desconto pode ser um bom negócio, diz economista

Jaqueline Gomes

 

Início de ano é sempre cheio de impostos a pagar. Alguns tributos têm descontos para pagamento à vista, como é o caso do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e o IPVA (Imposto sobre Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores). Em Petrópolis a Prefeitura prorrogou, até o próximo dia 15, o desconto de 9% no pagamento da cota única do IPTU. Já o IPVA tem desconto de 3% para quem pagar à vista.

Na avaliação de Patricia França, economista e especialista em planejamento financeiro pessoal, o pagamento à vista dos impostos vale a pena se o contribuinte tiver dinheiro guardado.

- O desconto de 3% (no pagamento à vista do IPVA) pode parecer um valor baixo, mas, se o contribuinte tiver o dinheiro disponível vale a pena, assim como o IPTU. É preciso ter uma visão da economia que se vai ter nos próximos meses quando se tira esses dois impostos da planilha de gastos do resto do ano – avalia Patricia.

Ela diz que optar pelo pagamento à vista é uma boa escolha caso o contribuinte não tenha dívidas e tenha reservas, já que ficará livre do compromisso financeiro e ainda terá o desconto.

A economista não recomenda fazer empréstimos para quitar os impostos à vista.

- Recorrer à empréstimo pessoal para quitar à vista a alíquota do veículo e do imóvel não é uma boa opção, pois enquanto uma dívida será quitada, outra vai surgir. Por isso, é preciso levar em conta alguns aspectos importantes antes de solicitar um aporte como, por exemplo, as taxas de juros cobradas pelas instituições financeiras. É preciso comparar o valor pago em juros no empréstimo com o desconto no pagamento à vista dos impostos. Após fazer a análise, a pessoa terá mais clareza na hora de decidir. Mas, na maioria das vezes não vale a pena pegar um empréstimo apenas para essa finalidade – orienta.

Segundo a economista, sempre é bom manter uma reserva financeira durante todo o ano para, quando chegarem os impostos poder pagá-los à vista, com desconto.

 - O ideal seria já começar a separar o valor para as contas do início de 2022. Economizando um pouquinho todos os meses, fica mais fácil quitar as contas de início de ano. Caso o contribuinte tenha uma reserva para isso, o dinheiro do desconto dos impostos pode ir para um fundo de investimento, por exemplo. O importante é dar o primeiro passo para começar a poupar - finaliza Patricia França.

Confira as datas de vencimento do IPVA

 Final de placa - 0

1ª parcela ou cota única - 21 de janeiro

2ª parcela - 22 de fevereiro

3ª parcela - 24 de março

Final de placa - 1

1ª parcela ou cota única - 22 de janeiro

2ª parcela - 23 de fevereiro

3ª parcela - 25 de março

Final de placa - 2

1ª parcela ou cota única - 25 de janeiro

2ª parcela - 24 de fevereiro

3ª parcela - 26 de março

Final de placa - 3

1ª parcela ou cota única - 26 de janeiro

2ª parcela - 25 de fevereiro

3ª parcela - 29 de março

Final de placa - 4

1ª parcela ou cota única - 27 de janeiro

2ª parcela - 26 de fevereiro

3ª parcela - 30 de março

Final de placa - 5

1ª parcela ou cota única - 28 de janeiro

2ª parcela - 1º de março

3ª parcela - 5 de abril

Final de placa - 6

1ª parcela ou cota única - 29 de janeiro

2ª parcela - 2 de março

3ª parcela - 6 de abril

Final de placa - 7

1ª parcela ou cota única - 1º de fevereiro

2ª parcela - 3 de março

3ª parcela - 7 de abril

Final de placa - 8

1ª parcela ou cota única - 2 de fevereiro

2ª parcela - 4 de março

3ª parcela - 8 de abril

Final de placa - 9

1ª parcela ou cota única - 3 de fevereiro

2ª parcela - 5 de março

3ª parcela - 9 de abril

 

 

                

 



Edição anterior (2250):
quinta-feira, 07 de janeiro de 2021
Ed. 2250:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2250): quinta-feira, 07 de janeiro de 2021

Ed.2250:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior