Edição anterior (1620):
quinta-feira, 18 de abril de 2019
Ed. 1620:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1620): quinta-feira, 18 de abril de 2019

Ed.1620:

Compartilhe:

Voltar:


  Segurança

Índices de criminalidade caiu em Petrópolis, segundo ISP

Redução aconteceu em diversos indicadores, divulgadospelo Instituto de Segurança Pública

Philippe Fernandes

O Instituto de Segurança Pública (ISP) divulgou, nesta quarta-feira (17), os indicadores da criminalidade e da atividade policial em todo o Estado referentes ao mês de março. Em Petrópolis, a incidência da maioria dos crimes apresentou queda na comparação com o mesmo período do ano passado. O mesmo aconteceu quando a comparação é feita entre os primeiros trimestres deste ano e o do ano passado.

O número de furtos, por exemplo, caiu 11,9% no terceiro mês do ano, no comparativo com o mesmo mês de 2018: foram 155 casos, contra 176 no ano passado. A redução aconteceu em praticamente todos os subsetores: houve menos furtos de transeuntes (19 neste ano, contra 21 do ano passado), furto de celular (apenas oito no mês passado, contra 27 em 2018),  furto em coletivo (neste ano, foram apenas três; em março de 2018, houve 12 casos) e furto de veículos (oito no mês passado, contra nove no terceiro mês do ano passado).

O número de tentativas de homicídio também caiu muito: houve apenas um caso em março deste ano, contra sete no mesmo mês de 2018. O mesmo aconteceu com homicídios culposos de trânsito (um no mês passado, contra cinco em 2018); homicídio doloso, quando há a intenção de matar (um em março deste ano, contra cinco no ano passado).

Outros indicadores que costumam chamar a atenção pelo volume de casos também caíram. Isso aconteceu com ameaças, com redução de 10,3% (houve 148 em março deste ano, ante 165 no mesmo período do ano passado), estelionato (31 no mês passado, contra 40 em março do ano passado) e estupro (houve oito casos, contra 11 em 2018).

Outros índices têm crescimento

Apesar disso, outros indicadores tiveram aumento no número de registros no terceiro mês do ano. Foi o caso dos roubos, com um leve crescimento: houve 28 casos no mês passado, contra 24 em março de 2018. No entanto, no acumulado do ano, o número é bem maior: 92 casos no primeiro trimestre de 2019, contra 64 do mesmo período do ano passado. Os dados do ISP também apontam aumento dos acidentes de trânsito, conforme as informações da Sala de Trauma do Hospital Santa Teresa já haviam apontado: foram 40 ocorrências em março de 2019, contra 22 em março de 2018. No primeiro trimestre, já houve 113 ocorrências neste tipo, um acréscimo de 31,4% na comparação com o mesmo período do ano passado.

 Atividade policial

Os dados do Instituto de Segurança Pública também apontaram um aumento da atividade policial em Petrópolis. Em março, houve 100 ações de apreensão de drogas, um crescimento de 56,3%na comparação com o mesmo período passado. No terceiro mês do ano, foram 37 ações por posse e 55 por tráfico. Em nove casos, não houve autor identificado. No primeiro trimestre deste ano, foram 276 casos, contra 182 dos três primeiros meses do ano passado, um incremento de 51,6%.

 



Edição anterior (1620):
quinta-feira, 18 de abril de 2019
Ed. 1620:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1620): quinta-feira, 18 de abril de 2019

Ed.1620:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior