Edição anterior (1914):
quinta-feira, 06 de fevereiro de 2020
Ed. 1914:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1914): quinta-feira, 06 de fevereiro de 2020

Ed.1914:

Compartilhe:

Voltar:


  PROCON

Instituições financeiras lideram o ranking do Feirão Limpa Nome

 

 Mais de R$ 5 milhões foram negociados em cinco dias de evento com 20 empresas

             Dos 1.818 acordos fechados durante o Feirão Limpa Nome da Prefeitura– que terminou na última sexta-feira (31.01) – 690 foram com instituições financeiras, ou seja, 38%. Os bancos lideraram o ranking de negociação nesta terceira edição do evento, seguidos das concessionárias; operadoras de telefonia, internet ou TV a cabo; varejistas; e comércio local. No total, o Feirão proporcionou que as 1.818 pessoas acordassem um montante de R$ 5.132.456,87 com as 20 empresas participantes.

Para o coordenador do Procon, Bernardo Sabrá, o Feirão já está consolidado no calendário da cidade e tem, a cada edição, proporcionado grandes acordos. “Tivemos mais uma edição com um volume grande de pessoas participando. As dívidas com os bancos, por exemplo, é algo que tira o sono de muita gente. E vimos as pessoas saindo daqui agradecidas, sem se preocupar com o nome sujo. O Feirão é uma oportunidade de regularizar sua vida financeira”, explica.

O balanço feito após o evento apontou que o banco Itaú liderou o ranking das negociações. Bradesco, Caixa Econômica Federal e Santander aparecem em seguida. Na lista também estão, respectivamente: Enel, OI, Águas do Imperador, Cartão Sevircard, Via varejo (Casas Bahia e Ponto Frio), Tech Cable, Claro/NET, Vivo, Gisele Jeans, Tim, Sky e Grupo Bico da Bota (Bico da Bota - Stella Maris - Real Modas). Nesta edição, alguns contratos chegaram a registrar 90% de descontos ou até mais.

 Esse é o caso da moradora do São Sebastião Rosa Gomes, que acordou uma dívida de R$ 3100,00 por R$ 310,00. “Achei fantástico! Fiquei muito feliz em ter a oportunidade de quitar minha dívida. Outras vezes tentei, mas no nosso país o sistema é desumano. Que bom que alguém pensou nisso, devolver a dignidade ao cidadão”, disse.

 Vale ressaltar que o Feirão também contou com a participação da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) para consultar negativação junto ao SPC e por qual empresa e com a OAB, que homologou os acordos junto com os fiscais do Procon e auxiliaram nas dúvidas dos consumidores.



Edição anterior (1914):
quinta-feira, 06 de fevereiro de 2020
Ed. 1914:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1914): quinta-feira, 06 de fevereiro de 2020

Ed.1914:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior