Edição anterior (1732):
quinta-feira, 08 de agosto de 2019
Ed. 1732:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1732): quinta-feira, 08 de agosto de 2019

Ed.1732:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

Lixo nas ruas do Atílio Marotti perturba moradores do bairro

Residentes informaram que em alguns pontos faltam lixeiras, mas, em outros, falta bom senso

A questão do lixo jogado nas ruas do bairro Atílio Marotti é algo que tem incomodado os moradores da região. De acordo com uma das residentes, há poucas lixeiras em certos trechos, mas a falta de bom senso de algumas pessoas faz com que o problema apenas aumente em outros pontos do bairro.

A moradora, que preferiu não se identificar, disse que o trecho na altura do número 1.200, na Rua Atílio Marotti, não possui a quantidade de lixeiras necessária para atender a demanda do local, visto que há várias quitinetes nas proximidades. Além disso, contou como o problema vem prejudicando os moradores.

-Nessa parte da rua existem muitas quitinetes e as coletoras que atendem o local não estão sendo suficientes. Pela quantidade de quitinetes teria que ter um latão de lixo, mas não tem. As lixeiras ficam lotadas frequentemente e as pessoas acabam colocando na calçada. Muitas vezes quem fica no ponto de ônibus do local se sente incomodado, por conta do cheiro. Além disso, estão aparecendo baratas e ratos – disse.

Outra moradora informou que o problema acontece em outros trechos, mas não por falta de lixeiras. Segundo ela, o portão de sua casa tem sido usado como local de despejo de sujeira há cerca de seis meses. A mesma criticou a falta de bom senso de alguns moradores que, mesmo havendo lixeiras por perto, insistem em deixar o lixo em locais inapropriados.

-Já estou com esse problema tem uns seis meses. Não sei em qual momento começaram a colocar lixo no meu portão. Eu sei que a rua é pública, mas se cada um por seu lixo no seu devido local, não teríamos mais esse tipo de problema. É terrível, a escada que serve de caminho fica cheia de fralda e resto de comida. Reclamar com a Prefeitura é muito fácil, mas fazer sua parte não – criticou.

A Prefeitura informou que a Comdep vai analisar, junto com a Força Ambiental e os moradores, a solicitação de instalação de novas coletoras na região.

Cabe ressaltar que o despejo de lixo sobre as ruas e calçadas é proibido pelo Código de Posturas. A Fiscalização de Posturas irá ao local para verificar a denúncia e tentar identificar o responsável pela irregularidade.

A coleta de lixo está ocorrendo normalmente no Atílio Marotti e acontece três vezes por semana.



Edição anterior (1732):
quinta-feira, 08 de agosto de 2019
Ed. 1732:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1732): quinta-feira, 08 de agosto de 2019

Ed.1732:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior