Edição anterior (2161):
sábado, 10 de outubro de 2020
Ed. 2161:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2161): sábado, 10 de outubro de 2020

Ed.2161:

Compartilhe:

Voltar:


  Acidente

Má conservação de bueiro provoca acidente em Corrêas

Mulher que caminhava pelo local teve ferimentos leves após tropeçar 

Camila Caetano – especial para o Diário

 

Em Corrêas, as más condições verificadas em um bueiro do local foram responsáveis por provocar a queda de uma mulher de 44 anos, na manhã desta última segunda-feira. O fato ocorreu na Estrada União e Indústria, na proximidade do número 3980, e chamou a atenção para as irregularidades que ocorrem no trecho há mais de um ano. Segundo as informações, além do problema com o bueiro, por ali, também corre um esgoto a céu aberto, e toda a calçada precisa receber um serviço efetivo de manutenções.

A mulher que sofreu o acidente foi Alexiana Gomes Rabello. Sua filha, Ana Beatriz, contou ao Diário que no momento do ocorrido, elas estavam fazendo uma caminhada pelo lugar, quando sua mãe tropeçou nos vergalhões do bueiro, que, durante todo esse tempo, estão se sobressaindo em relação ao nível da calçada. Para piorar a situação, ao cair, o corpo da mulher foi de encontro com a lama, e com o esgoto a céu aberto. Alexiana teve ferimentos leves e passa bem, no entanto, o ocorrido reforçou as carências do lugar.

- Quando aconteceu, nós fazíamos uma caminhada pelo local. Quando a gente estava voltando, a minha mãe tropeçou em cima da tampa do bueiro, que está meio tampada, meio aberta, e os seus vergalhões estão todos se sobressaindo. Ela caiu de barriga na lama e esgoto que correm por ali. Ficamos muito chateadas com essa situação, principalmente porque as condições das calçadas estão muito ruins. Poderia ter acontecido algo pior, mas, graças a Deus ela só ralou o joelho, o cotovelo, e passa bem – lamentou Ana Beatriz, ressaltando que são moradoras do Castelo São Manoel.

A prefeitura foi procurada pelo Diário, e, questionada, informou que de acordo com o código de posturas do município, a manutenção das calçadas é de responsabilidade dos proprietários. A equipe de fiscalização fará uma vistoria no local. Se necessário a notificação de reparo será feita. 

Em relação ao bueiro, o município destacou que uma equipe da Secretaria de Obras foi designada até o local para avaliar as condições e providenciar o reparo.

Já a Águas do Imperador Informou que os bueiros são parte integrantes das redes de águas pluviais, que são de responsabilidade da Secretaria de Obras.



Edição anterior (2161):
sábado, 10 de outubro de 2020
Ed. 2161:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2161): sábado, 10 de outubro de 2020

Ed.2161:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior