Edição anterior (2166):
quinta-feira, 15 de outubro de 2020
Ed. 2166:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2166): quinta-feira, 15 de outubro de 2020

Ed.2166:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

Más condições da Avenida Koeler preocupam

Segundo denúncia, irregularidades causam descaracterização do local

Camila Caetano – especial para o Diário  

Como todo mundo já sabe, a Avenida Koeler, localizada no Centro da Cidade, é um importante conjunto urbano e paisagístico. Com cerca de trezentos metros, a rua coleciona casarões do século XIX, como o palacete da Princesa Isabel, entre outras construções mais recentes. Apesar da importância do local, denúncias revelam que as más condições constatadas por lá estão ficando cada vez mais visíveis, descaracterizando o conjunto. Além disso, os órgãos competentes já foram acionados, no entanto, ainda não houve soluções efetivas.

De acordo com as informações, o principal problema do lugar está relacionado com a ausência dos serviços de limpeza, visto que, em diversos pontos, essa situação pode ser verificada. A beira do rio, por exemplo, existem magnólias que estão tomadas por ervas de passarinho, além disso, na margem do mesmo, em frente ao Palácio Rio Negro, cresce um coqueiro, e outras árvores que fazem com que avenida se afaste, cada vez mais, das características que possuía anteriormente.

Uma cidadã pontua sobre algumas irregularidades

- Tenho casa na Avenida Koeler desde 1956 e nunca presenciei um estado de conservação tão ruim. Por aqui, existem muitas magnólias, principalmente na beira do rio. Elas estão tomadas de ervas de passarinho, quem passa pelo local todos os dias é obrigado a assistir a morte lenta delas. Na margem do rio, em frente ao palácio Rio Negro, cresce um coqueiro que está enorme, descaracterizando completamente o conjunto de árvores, enquanto isso, na margem frente a prefeitura crescem pinheiros, entre outras espécies de árvores que estão se desenvolvendo aleatoriamente sem nenhum controle – disse a mulher, que não quis ser identificada. Ela complementou:- já reclamei com diversos órgãos públicos, e nada. Ao menos três deles têm sede na rua, mas, ainda aguardamos por uma melhoria – pontuou.

A Secretaria de Meio Ambiente disse que irá providenciar a retirada das árvores que não fazem parte do conjunto paisagístico da Avenida Koeler.     



Edição anterior (2166):
quinta-feira, 15 de outubro de 2020
Ed. 2166:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2166): quinta-feira, 15 de outubro de 2020

Ed.2166:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior