Edição anterior (1748):
sábado, 24 de agosto de 2019
Ed. 1748:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1748): sábado, 24 de agosto de 2019

Ed.1748:

Compartilhe:

Voltar:


  Ambiente

Meio Ambiente promove palestra sobre coleta seletiva e reciclagem para mais de 100 alunos

Mais de 100 alunos participaram de uma palestra da Secretaria de Meio Ambiente sobre coleta seletiva e reciclagem na Escola Municipal Gunnar Vingren, no Valparaíso, nesta sexta-feira (23.08). Após a atividade, os estudantes visitaram o Museu do Artesanato para um workshop com o responsável pelo espaço, Cocco Barcante. A ação faz parte do Projeto Inteligência Ambiental e visa discutir e criar a cultura de preservação da natureza entre as crianças e os adolescentes, uma das principais metas da atual gestão.

Nas atividades realizadas, os estudantes aprenderem que a coleta seletiva serve para organizar, de forma diferenciada, os resíduos sólidos que podem ser reciclados. O trabalho consiste em conscientizar os jovens que o planeta está em uma fase crítica de transformações por causa do uso excessivo dos recursos naturais e que reaproveitar o lixo é importante para o futuro do planeta.

"A gente faz esse trabalho semanalmente nas escolas da cidade. Precisamos envolver as crianças neste sentido, de preservar o meio ambiente. Até o fim do ano, vamos envolver pelo menos mais mil estudantes da rede”, garante o coordenador de Educação Ambiental da prefeitura, Anderson Campos, ressaltando ainda que o projeto debate questões que atingem diretamente o dia-a-dia de cada pessoa.

A Escola Municipal Gunnar Vingren conta com um jardim suspenso de condimentos que serve para alimentação dos alunos, além de um sistema de compostagem. "O custo total do nosso jardim foi de R$ 150 e envolve cerca de 150 alunos, 18 professores e 12 funcionários. É importante que a gente trabalhe os assuntos de preservação com nossas crianças, que são o futuro do planeta", conta a professora Cátia Gonzaga, responsável pela iniciativa.

São 41 escolas inscritas nas ações do Projeto Inteligência Ambiental, que pretende alcançar até mil estudantes no segundo semestre. Funcionando desde 2017, são mais de 3 mil alunos em atividades de educação ambiental variadas, como apresentação de eco filmes informativos, caminhadas ecológicas e palestras.

"É fundamental pensar no descarte do lixo, economia de água, desmatamento, preservação do patrimônio, entre outras coisas. Queremos aumentar as vertentes da Educação Ambiental. A ideia é evidenciar as ações para todo o município", explica o secretário de Meio Ambiente, Fred Procópio.



Edição anterior (1748):
sábado, 24 de agosto de 2019
Ed. 1748:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1748): sábado, 24 de agosto de 2019

Ed.1748:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior