Edição anterior (1712):
sexta-feira, 19 de julho de 2019
Ed. 1712:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1712): sexta-feira, 19 de julho de 2019

Ed.1712:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Município conquista liberação de R$ 400 mil para programas de assistência social

Novos projetos serão implantados em benefício à população em risco social

 

           

 

Recuperação de verbas e aquisição de novos recursos para custeio de programas e serviços da Secretaria de Assistência Social foi o foco da participação da pasta na comitiva, liderada pelo prefeito Bernardo Rossi em Brasília, nesta semana. Em reunião com o Ministro da Cidadania, Osmar Terra, na Esplanada dos Ministérios, nesta quarta-feira (17.07), a secretária, Denise Quintella teve a aprovação do repasse de R$ 400 mil para a secretaria. A verba será destinada para a implantação do atendimento ao serviço social itinerante e reformas das cedes dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

            “Todos os nossos encontros geraram ganhos para o município. Encerramos nossas atividades em Brasília com saldo positivo, com a aquisição de recursos importantes para a continuidade e ampliação dos serviços públicos”, destaca o prefeito, Bernardo Rossi. Participaram ainda da reunião com o ministro de Cidadania, o subsecretário especial de Esporte, coronel Marco Aurélio Souto de Araújo; o deputado federal, Vinícius Farah; o vice-prefeito, Baninho; o Superintendente de Esportes e Lazer, Leandro Kronemberger.

            Na ocasião, a secretária buscou o resgate de R$ 3,3 milhões referentes a manutenção de serviços prestados na rede de proteção social básica e especializada, nas oito unidades do CRAS e no Centro Especializado de Referência Social (CREAS). A atuação direcionada ao cuidado dos jovens usuários de álcool e drogas também foi debatida, com a proposta de implantação de uma Residência Terapêutica voltada para o resgate de dependentes químicos. O projeto direcionado para o serviço já está sendo elaborado e será pauta de um próximo encontro no ministério.

            A implantação do serviço social itinerante vai contar com o repasse de verbas de emendas parlamentares obtidas com o apoio do deputado federal, Vinícius Farah. O recurso vai possibilitar a aquisição de uma van, para levar os atendimentos do CRAS à população residente em áreas rurais ou distantes das regiões centrais da cidade, longe da cobertura das unidades fixas. “O CRAS volante vai possibilitar expandir os serviços para a população que mora em regiões distantes. Vamos poder explorar locais que ainda não são cobertos com as unidades fixas, como Brejal, Pedro do Rio, Secretário, Fagundes, entre outras”, conta a secretária de Assistência Social, Denise Quintella.

            Parte da verba garantida com a emenda parlamentar, também será usada para providenciar reformas em unidades do CRAS mais antigas. “Vamos conseguir melhorar nossas estruturas para prestar atendimento ainda mais adequado aos usuários”, frisa a secretária, que já está debruçada no projeto de criação da Residência Terapêutica, voltada aos atendimentos dos jovens dependentes de álcool e drogas. “Vamos alinhar esse trabalho com a Secretaria de Saúde, para trabalharmos em conjunto com a rede. Atualmente temos o trabalho realizado no CREAS, voltado para esse público, mas com essa unidade, vamos avançar ainda mais no resgate desses jovens”, ressalta.           

Programas ganham reforço param ampliação dos serviços

            Durante a reunião foram debatidos resultados dos programas Criança Feliz e Acessuas Trabalho (Programa de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho) que estão com expectativa de ampliação. Com 500 famílias atendidas atualmente, o Criança Feliz passou por ajustes de critério, deixando de ser voltado apenas aos beneficiados pelo Bolsa Família. Agora, por determinação do ministério, o serviço pode ser direcionado a todas as pessoas que possuem o Cadastro Único para Programas Sociais, do Governo Federal. Com essa mudança, a expectativa é ampliar levar o programa para 700 usuários.

            O programa Criança Feliz é voltado para o desenvolvimento das crianças na primeira infância. A partir do trabalho de assistentes sociais, pedagogos e psicólogos é feito acompanhamento com as famílias cadastradas para garantir mais qualidade de vida das crianças entre 0 e 3 anos de idade.

O Acessuas Trabalho também teve seus bons resultados apresentado. Atualmente 650 pessoas são atendidas, nas oito unidades do CRAS, que realizam oficinas motivacionais e fazem o encaminhamento para entrevistas de emprego ou cursos profissionalizantes.



Edição anterior (1712):
sexta-feira, 19 de julho de 2019
Ed. 1712:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1712): sexta-feira, 19 de julho de 2019

Ed.1712:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior