Edição anterior (2294):
sábado, 20 de fevereiro de 2021
Ed. 2294:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2294): sábado, 20 de fevereiro de 2021

Ed.2294:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

Morro do Gavião ainda sem ligação de energia

 

Morro do Gavião ainda sem ligação de energia

Moradores já conseguiram licença da Secretaria de Meio Ambiente

Wellington Daniel

Conforme o calendário de acompanhamento dos problemas dos bairros, o Diário retorna hoje ao tema da falta de ligação de energia na localidade conhecida como Morro do Gavião, no Fazenda Inglesa. Em contato com o morador Anderson Braga Carneiro, a informação passada foi de que a licença da Secretaria de Meio Ambiente já saiu, mas ainda aguardam a Enel.

- A Enel esteve aqui na quinta-feira e o funcionário me falou que tenho que ir na Prefeitura, pedir a eles um comprovante da servidão, para a concessionária esticar a rede. Ele viu toda a documentação que tenho em mãos, a licença do Meio Ambiente, o número do protocolo com o processo e também o último papel que a companhia me entregou – relatou.

O Diário acompanha o drama da comunidade desde o dia 14 de janeiro. A energia elétrica não chega em parte das casas, que não são novas. De acordo com Carneiro, as residências já estão lá há cerca de 30 anos. Os moradores já fizeram pedidos a Enel e a Prefeitura, tanto para a extensão de rede quanto para a instalação de relógios.

- A luz de iluminação pública já chegou, mas a rede alta, para cada um poder ter o seu relógio lá em cima, ainda não temos. E aí, a Enel ficou de fazer e até agora nada. Já colocamos a caixinha lá no lugar e já fizemos o pedido a Enel – afirmou o morador em janeiro.

A reportagem procurou a Enel e a Prefeitura novamente nesta sexta-feira (19). A nota do município confirmou que Anderson já recebeu autorização da Secretaria de Meio Ambiente para a instalação/fornecimento de energia elétrica. Disse que, em caso de extensão de rede, o requerimento deve ser feito exclusivamente pela concessionária, contemplando os projetos para análise.

Já a Enel disse que constatou que o local onde deverá ser instalada a extensão de rede elétrica está em situação de servidão indefinida, quando não fica claro se o logradouro é público ou particular. Desta forma, o solicitante precisa apresentar uma Declaração de Logradouro Público, documento emitido pela PMP, para que o projeto siga em frente.

- Uma vez que essa etapa seja cumprida, a Enel poderá requerer à prefeitura uma autorização ambiental para a construção da rede que fara o atendimento a esse cliente. Essa autorização se faz necessária, pois o local se encontra dentro da Zona de Amortecimento da Reserva Biológica de Araras, uma área de preservação ambiental  - explicou a nota da concessionária.

O Diário retorna ao tema na edição do dia 6 de março para saber o que foi resolvido.

 



Edição anterior (2294):
sábado, 20 de fevereiro de 2021
Ed. 2294:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2294): sábado, 20 de fevereiro de 2021

Ed.2294:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior