Edição anterior (1484):
segunda-feira, 03 de dezembro de 2018
Ed. 1484:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1484): segunda-feira, 03 de dezembro de 2018

Ed.1484:

Compartilhe:

Voltar:


  Geral

Mostra SUS realiza exposição de ações desenvolvidas nos PSFs

Estudantes do curso de Educação Popular em Saúde demonstraram suas práticas


 No segundo dia de realização, na sexta-feira (30.11), a I Mostra SUS, reservou espaço para a exposição dos trabalhos realizados no curso de Educação Popular em Saúde. Instalados na Tenda Paulo Freire, os alunos tiveram a oportunidade de apresentar todos os tratamentos alternativos disponibilizados nos Postos de Saúde da Família (PSFs). Várias atividades foram oferecidas ao público, que teve a oportunidade de participar de grupos de meditação, reflexão, sessões de acupuntura, shiatsu, auriculoterapia, massoterapia, entre outros. O evento é realizado em parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde e a Faculdade Athur Sá Earp Neto (FASE).

Os atendimentos foram realizados durante todo o dia para o público em geral. “Esse evento foi uma grande oportunidade para apresentar todos os serviços que as unidades de saúde do município oferecem”, destaca o prefeito Bernardo Rossi. Iniciada na última quinta-feira (29.11) a primeira edição da Mostra SUS atraiu mais de 500 pessoas no auditório da  FASE. Ao longo dessa sexta-feira (30.11) o evento promoveu fóruns de debates sobre temas diversos da área de saúde.

“O evento é uma grande oportunidade para trocar experiências e apresentar tudo o que o SUS oferece e muitos desconhecem. Temos uma rede bem completa de atendimento”, destaca a Secretária de Saúde, Fabiola Heck. Durante a mostra os alunos do curso de Educação Popular encerraram o ano letivo, apresentando tudo o que aprenderam. Os tratamentos alternativos, que oferecem resultados efetivos para a melhora dos pacientes foram demonstrados no evento.

O estudante de nutrição, Rafael Costa, participou de grupos de meditação e fez acupuntura para tratar a ansiedade e estresse. “Me identifico muito com essas terapias, é uma forma de se evitar alguns medicamentos, como para estresse e ansiedade”, destaca Rafael, que tinha conhecimento da oferta desses tratamentos pela rede pública, mas considera que é necessária maior divulgação para a população.

A agente comunitária Etiene Vilasboas, educadora do curso, destaca que os métodos oferecidos nos PSFs, visam o olhar diferenciado da doença. “Os atendimentos buscam humanização, o pensar a saúde, o bem-estar físico a partir de tratamentos alternativos. Vai além do olhar médico”, destaca Etiene. Todos os métodos de cuidado com a saúde são disponibilizados nos postos de saúde, respeitando as demandas de cada área de atuação. “Ajustamos cada tratamento de acordo com a necessidade de cada região. A ideia é sempre fazer um trabalho direcionado”, reforça.

A organizadora da Mostra SUS, Maria Zenith Carvalho, chefe do Núcleo de Educação em Saúde, destaca os bons resultados do evento. “A adesão ao evento foi muito boa. O evento proporcionou debates sobre diferentes áreas e aqui na tenda Paulo Freire, foi apresentado na prática, tudo o que o SUS oferece”, ressalta.

 



Edição anterior (1484):
segunda-feira, 03 de dezembro de 2018
Ed. 1484:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1484): segunda-feira, 03 de dezembro de 2018

Ed.1484:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior