Edição anterior (1521):
quarta-feira, 09 de janeiro de 2019
Ed. 1521:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1521): quarta-feira, 09 de janeiro de 2019

Ed.1521:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

Mudanças no horário do ônibus prejudicam moradores do Valparaíso

Natália Rodrigues

A mudança nos horários da linha 210-Valparaíso causa indignação aos moradores. De acordo com a população, desde a última segunda-feira (07), as viagens do coletivo que atende a área foram reduzidas. Atualmente as viagens são realizadas nos horários de grande movimento. Além disso, eles alegam que não houve aviso prévio por parte da empresa Petro Ita.

Reinaldo de Souza Santos é o presidente da associação de moradores da Comunidade Oswaldo Cruz, no Valparaíso, uma das regiões mais afetadas com a alteração. A medida atinge os passageiros expressivamente, já que o tempo de espera de uma viagem para a outra aumentou.

- Desde segunda-feira, a linha só faz os horários de 06h25 a 08h55 e volta na parte da tarde ficando de 16h até mais ou menos 21h, nesse período somos atendidos pela linha 205. Não acho certo porque o ônibus já foi reduzido de tamanho, linhas de vias próximas juntadas, pois o nosso carro atende ainda a rua do Trono de Fátima e mais algumas. Já passamos um sufoco danado, se retirarem o ônibus será um prejuízo muito grande para a comunidade, vai ser um caos – falou.

O presidente relatou que a empresa havia feito contato meses atrás com propostas de mudança, mas não chegaram a entrar em comum acordo.

- Há muito tempo, a Petro Ita está querendo tirar o carro que faz a linha 210. Em novembro fui chamado à empresa para conversar a respeito disso, me mostraram dados, mas não acreditei nas informações que foram passadas e acabei não aceitando nenhuma das propostas ofertadas. Ficou combinado que em fevereiro eu iria conversar com os moradores, mas a mudança veio antes. Cometeram um grave erro ao não avisar a população, ficamos sabendo de tudo só ontem mesmo – contou.

Para Reinaldo a modificação atrapalha muitos passageiros que residem também na Comunidade Vila São José.

- A maioria dos moradores da comunidade Vila São José utiliza também esse ônibus porque eles só têm uma condução, mas como o itinerário é longo, as viagens são mais espaçadas. Sem contar que quem vem ao cemitério ou visita o Trono de Fátima acaba viajando nessa linha – disse.

Reinaldo espera que a empresa volte com o antigo horário, mas caso o pedido não seja atendido, a população irá procurar o poder público.

- Faremos de tudo para manter o ônibus aqui na comunidade, se a Petro Ita não está dando conta de manter essa linha, então que ela ceda para outra empresa assumir, só não podemos ficar sem condução ou ter que esperar horas por um. São mais de dois mil moradores sendo atendidos por um único ônibus não dá para sem mais nem menos retirarem os horários – relatou.

Prefeitura responde sobre o caso

Indagada, a prefeitura respondeu que a CPTrans não foi informada pela empresa sobre a mudança de horário. A Companhia vai autuar a empresa quanto à irregularidade e determinar a volta ao horário preestabelecido pela cia.

Procurada pelo jornal, a Petro Ita informa que, a linha 205 - Valparaíso - Via Thomas Cameron, está atendendo aos moradores da Rua Padre Moreira, também conhecida como Trono de Fátima. Ao todo, são realizadas 42 partidas por dia, com frequência a cada 50 minutos.

A linha 210 - Valparaíso - Via Fabrício Mattos, continua circulando nos horários de pico entre 6h25 e 9h15, além de 16h às 20h, com aproximadamente 16 partidas diariamente.

A Petro Ita informa que, para evitar prejuízos para o sistema e impacto no valor da tarifa final, foi realizado um estudo de análise da demanda de passageiros, sendo constatado que não havia quantidade de passageiros suficiente para atender exclusivamente a Rua Padre Moreira em todos os horários do dia.



Edição anterior (1521):
quarta-feira, 09 de janeiro de 2019
Ed. 1521:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1521): quarta-feira, 09 de janeiro de 2019

Ed.1521:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior