Edição anterior (1638):
segunda-feira, 06 de maio de 2019
Ed. 1638:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1638): segunda-feira, 06 de maio de 2019

Ed.1638:

Compartilhe:

Voltar:


  Saúde

Mutirões da saúde atenderam mais de 300 pessoas para o Centro de Saúde e HAC

Dois mutirões ofereceram exames e consultas médicas em sete especialidades médicas diferentes

   Os dois mutirões de consultas e exames realizados neste sábado (04.05) movimentaram o Centro de Saúde e o Ambulatório do Hospital Alcides Carneiro. Para as duas unidades foram agendadas 380 pacientes que conseguiram antecipar seus atendimentos. Realizados sempre aos sábados, os mutirões visam acelerar a realização das consultas, exames e procedimentos, além facilitar o acesso da população aos serviços da rede pública de saúde. Foram chamados 270 pessoas para o atendimento de sete diferentes especialidades médicas e outros 110 realizaram exames de ultrassonografia e eletrocardiograma nas duas unidades.

“Esse é mais um mutirão que realizamos com o foco de agilizar o atendimento da população. O objetivo é reduzir o tempo de espera e acelerar a obtenção de diagnósticos e o andamento dos tratamentos necessários. Estamos atuando para melhorar cada vez mais os serviços para a população”, destaca o prefeito Bernardo Rossi, que acompanhou os atendimentos pela manhã, junto com o vice-prefeito Baninho, a secretária de saúde, Fabíola Heck e vereador Justino do Raio X.

  A dona de casa Maria Estela Pimenta Pires, 67 anos, mora na Posse e foi ao ambulatório do HAC realizar a consulta com a endocrinologista. “Estava aguardando pelo atendimento e essa semana fui chamada. Sou diabética e faço acompanhamento de rotina no posto e estava precisando da consulta com o especialista. O mutirão me ajudou muito, vou conseguir dar continuidade ao tratamento”, destaca a aposentada que vai seguir com a realização de exames pela rede pública.

  A paciente oncológica, Virgínia da Conceição Ferreira, 61 anos, também conseguiu o atendimento com a especialista neste sábado. “Esses mutirões são muito bons para a população, ”, destaca a paciente, que assim como a comerciária Tatiana Araújo, 27 anos, tem conseguido todos os atendimentos que precisa pela rede pública. “Estou com problemas na tireóide e precisava de um especialista e deu tudo certo, logo consegui essa consulta para seguir com o tratamento”, conta Tatiana.

  A Secretaria de Saúde estima realizar um mutirão por mês, ampliando o atendimento para as unidades de especialidade e da rede de Atenção Básica. “Os mutirões aos sábados contribuem muito para o comparecimento das pessoas que têm dificuldades durante a semana, que por muitas vezes, por conta do horário de trabalho, deixam de realizar as consultas. E com a oferta de consultas em mais unidades, podemos expandir os atendimentos”, destaca a secretária de Saúde, Fabíola Heck. Esse foi o segundo mutirão realizado neste ano e o primeiro a ser feito simultaneamente em duas unidades de saúde aos sábados. 

  No ambulatório do HAC foram agendadas 250 consultas, sendo 40 de pré-operatório e cirurgia geral; 40 de vascular; 30 de neurologia; 30 de endocrinologia; 40 de oftalmologia; e 70 de ortopedia. No Centro de Saúde foram agendados 20 pacientes para consultas de nutrição; 50 para exames de ultrassonografia e 60 para eletrocardiograma. A consultora Deise Correa, de 36 anos, mora no Bairro Esperança e foi chamada para fazer o exame de eletrocardiograma no Centro de Saúde. “Fui chamada muito rápido para fazer o exame. Esses mutirões agilizam muito”, conta a paciente.



Edição anterior (1638):
segunda-feira, 06 de maio de 2019
Ed. 1638:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1638): segunda-feira, 06 de maio de 2019

Ed.1638:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior