Edição anterior (1913):
quarta-feira, 05 de fevereiro de 2020
Ed. 1913:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1913): quarta-feira, 05 de fevereiro de 2020

Ed.1913:

Compartilhe:

Voltar:


  Geral

Nova Estação de Tratamento de Água do município vai beneficiar diretamente mais de 120 mil moradores dos distritos

Na contramão de município que vem enfrentando dificuldades com fornecimento de água, Petrópolis está investindo para reforçar o abastecimento nos distritos. A construção de Estação de Tratamento de Água (ETA) Araras está avançando e passou por um momento importante nesta terça-feira (04.02): a preparação da base do reservatório que será instalado no local. O prefeito Bernardo Rossi acompanhou o serviço feito pela concessionária Águas do Imperador. A ETA Araras, com previsão de ficar pronta no início do segundo semestre, vai beneficiar mais de 120 mil pessoas.

A ETA Araras vai agregar 9,5 milhões de litros de água tratada por dia na cidade. Esse reforço no abastecimento beneficia diretamente os distritos da Posse, de Pedro do Rio e de Itaipava, além da região de Nogueira. Porém, de acordo com a Águas do Imperador, ela será interligada aos seis principais sistemas de abastecimento do município, melhorando a distribuição também em outras regiões.

“Infelizmente, quando a gente olha e vê o que está acontecendo na região metropolitana relacionado com a água, vemos que Petrópolis está na contramão disso tudo. Estamos investindo, junto com a Águas do Imperador, em estações de tratamento de água, em estações de tratamento de esgoto, extensão de rede. Nós estamos pensando em longo prazo na questão dos recursos hídricos da nossa cidade. A ETA Araras vai beneficiar mais de 120 mil pessoas e não teremos problemas de abastecimento por muitos anos”, afirmou o prefeito Bernardo Rossi.

De acordo com a Águas do Imperador, a ETA Araras utilizará tecnologia de ponta em todos seus processos. Totalmente automatizada, será inteiramente operacionalizada pelo Centro de Controle Operacional (CCO) da concessionária.  O processo de tratamento é de ciclo completo – floculação, decantação, filtração e desinfecção –, com reaproveitamento da água de lavagem dos filtros e decantadores, e mais sistema de tratamento de lodo.

Nesta terça, foi feita a concretagem da base de onde ficará um reservatório com capacidade de 1 milhão de litros.

Também está sendo construída uma adutora com quase 1 km de extensão, para fazer a distribuição da água tratada na estação. Segunda a concessionária, 400 metros já foram instalados. Esse ponto de obra deve ser concluído em março. As duas obras juntas representam um investimento de R$ 12,3 milhões, que teve início em agosto do ano passado.

“Esses são projetos que estão preparando a cidade para o futuro. Nesse momento em que a região metropolitana sofre problemas que a ninguém que estivesse acontecendo, Petrópolis está fazendo o dever de casa. Esse planejamento estratégico representa muito esforço da equipe da prefeitura, dos secretários, da Comdep. Essa estação de tratamento de água vai levar água até Cascatinha, passando por Correas, Nogueira, Itaipava, Pedro do Rio. Com isso, quem vive em outros locais, também terá mais água. Petrópolis pode ficar tranquila porque tem abastecimento de água para mais de 50 anos”, destacou o superintendente da Águas do Imperador, Márcio Salles.

As obras foram acompanhadas também pelo vice-prefeito Baninho, pelo secretário de Obras, Ronaldo Medeiros, pelo secretário da TurisPetro, Marcelo Valente e pelo vereador Maurinho Branco.

 



Edição anterior (1913):
quarta-feira, 05 de fevereiro de 2020
Ed. 1913:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1913): quarta-feira, 05 de fevereiro de 2020

Ed.1913:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior