Edição anterior (2249):
quarta-feira, 06 de janeiro de 2021
Ed. 2249:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2249): quarta-feira, 06 de janeiro de 2021

Ed.2249:

Compartilhe:

Voltar:


  Covid-19

Números apontam que dezembro será consolidado como o mês mais crítico da covid-19

 

 

 

Jaqueline Ribeiro - Especial para o Diário

Dados do portal de monitoramento de casos de covid-19 na cidade sinalizam que dezembro  deve se consolidar como o mês mais crítico da pandemia na cidade. A avaliação é do infectologista José Henrique Castrioto, que desde o início da pandemia acompanhou  a evolução de casos, fornecendo informações técnicas que deveriam ajudar a orientar ações do município. Ainda antes do fechamento dos dados de dezembro, o número de mortes chegou ontem a 69  - uma média pelo menos duas mortes por dia - e  já é maior que setembro, que teve 59 óbitos registrados.  O especialistas aponta ainda que o número de casos já confirmados  no ultimo mês de 2020 (1.577 casos) deverá subir, uma vez que ainda há 1.820 casos em análise. 

- Os números de dezembro ainda não estão fechados, mas tudo indica que o mês será o mais critico desde o início da pandemia. Isso porque o número de casos ainda em análise é muito alto. Ainda que nem todos eles tenham resultado positivo, a probabilidade das novas confirmações levarem a  superação dos meses anteriores é muito grande - pontua Castrioto. Em novembro, quando o início da aceleração no ritmo de contaminações começou a ser visível por conta do aumento de internações, o número de casos confirmados  foi de 2.287. Apesar de ainda haver 71 casos em análise, a perspectiva é de que o total de casos no mês seja superado em dezembro.

O infectologista avalia ainda a probabilidade de continuidade na escalada de casos em janeiro. - Esta semana estamos verificando uma redução na demanda por leitos clínicos, mas ainda há aumento na internações em UTI. Temos uma preocupação grande com as próximas semanas, quando o sistema de saúde será impactado pelo comportamento da população nas festas de fim de ano, quando verificamos um movimento muito grande de pessoas na ruas - pontua.

O comparativo de dados registrado em 30 dias, considerando dados dos dias 5 de dezembro e 5 de janeiro, confirma a aceleração no avanço da doença, que passou de 9.566, para 12.427 -  2.910 novos casos confirmados em um mês.

       



Edição anterior (2249):
quarta-feira, 06 de janeiro de 2021
Ed. 2249:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2249): quarta-feira, 06 de janeiro de 2021

Ed.2249:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior