Edição anterior (2082):
quinta-feira, 23 de julho de 2020
Ed. 2082:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2082): quinta-feira, 23 de julho de 2020

Ed.2082:

Compartilhe:

Voltar:


  Obras

Obras de implantação da Estação de Tratamento de Araras vai beneficiar 123 mil moradores dos  distritos

Águas do Imperador dá sequência às obras no módulo de captação e tratamento de água

 

A implantação da Estação de Tratamento de Água (ETA Araras) continua avançando. A obra está tendo sequência pelo módulo de captação e tratamento da água. Também está em construção o prédio que vai abrigar o laboratório, o centro de comando e controle e a parte administrativa da ETA. O trabalho é feito pela concessionária Águas do Imperador e vai beneficiar 123 mil moradores entre Pedro do Rio, Itaipava, Araras, Nogueira, Correas e até Cascatinha, que terão reforço no abastecimento.

“Isso aqui vai fortalecer ainda mais o sistema de abastecimento de água da cidade e nós não teremos problemas de água pelos próximos 50 anos. Hoje nós estamos pensando no futuro da cidade. O município já está vendo há alguns meses um investimento de quase R$ 100 milhões na área de saneamento e isso está sendo para garantir a qualidade do serviço, para que Petrópolis não tenha que viver o que outras cidades viveram há pouco tempo”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

A estação vai tratar e agregar ao sistema de abastecimento nove milhões de litros de água por dia, captadas em uma barragem e que passa por quatro processos: floculação, decantação, filtração (que fazem a separação de impurezas) e desinfecção. Após o ciclo de tratamento, a água vai para um reservatório, que terá capacidade de um milhão de litros. Depois, para fazer o abastecimento, a água passa por uma adutora de quase 1 km de extensão – que já está praticamente concluída – e que faz a ligação para Araras, Itaipava e Pedro do Rio e para Nogueira, Correas e Cascatinha.

“A ETA está no centro geométrico da cidade. Então daqui a gente consegue colocar água até a divisa entre os distritos de Pedro do Rio e Posse e até Cascatinha. E essa região entre o centro de Itaipava, Nogueira e Correas é onde a gente tem visto um crescimento de consumo de água. Essas 120 mil pessoas já têm água, porque a cidade conta com sete estações de tratamento, esta aqui é a oitava. E ela vai garantir o reforço no abastecimento e o tratamento da água de acordo com o que é determinado pela OMS (Organização Mundial de Saúde), é totalmente automatizada e integrada com o Centro de Controle de Operações. E é uma estação de ciclo completo”, destaca o superintendente da Águas do Imperador, Márcio Salles.



Edição anterior (2082):
quinta-feira, 23 de julho de 2020
Ed. 2082:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2082): quinta-feira, 23 de julho de 2020

Ed.2082:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior