Edição anterior (1675):
quarta-feira, 12 de junho de 2019
Ed. 1675:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1675): quarta-feira, 12 de junho de 2019

Ed.1675:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidadania

Operação Inverno acolhe pessoas em situação de rua nas noites de frio

Agentes oferecem estrutura do NIS, que ganhou 18 vagas extras

 

            O primeiro dia de realização, a Operação de Inverno abordou 10 pessoas em situação de rua pelo centro da cidade e no bairro Quissamã. A medida visa tirar as pessoas das ruas e oferecer acolhimento noturno no Núcleo de Integração Social (NIS), no Alto da Serra. Os agentes da Secretaria de Assistência Social intensificam as atuações pelas ruas, principalmente à noite, para orientar que as pessoas se instalem na unidade de acolhimento. Três tendas foram montadas em área externa ao NIS, com o apoio da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias para receber a população em vulnerabilidade.

            Nesse primeiro momento, foram criados 18 leitos para o pernoite, sendo 6 vagas em cada tenda, ampliando a capacidade de acolhimento do NIS, que em sua estrutura fixa comporta até 70 pessoas. As tendas têm capacidade para até 20 leitos cada. A ampliação de dormitórios vai ser avaliada de acordo com a demanda. “Esse foi o primeiro dia da operação que com a chegada do inverno se torna ainda mais importante, pois temos uma demanda é maior. Estamos com equipe e estrutura preparados para receber as pessoas que quiserem sair das ruas”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.

            O encaminhamento para o NIS é feito pelos agentes do Centro de Referência Especializada para População em Situação de Rua (Centro Pop), que fica na Rua Souza Franco – Centro. O trabalho de orientação às pessoas em vulnerabilidade é feito diariamente, pelas ruas e na sede do Centro Pop. Ao final do dia, entre 17h e 21h, os agentes intensificam as abordagens noturnas. “Nossa equipe intensifica a ação durante a noite, aconselhando as pessoas a aceitarem o atendimento e não ficarem exposta ao frio”, destaca a secretária de Assistência Social, Denise Quintella.

            O NIS recebe todas as pessoas encaminhadas pelos agentes do Centro Pop e especificamente durante a Operação Inverno, as pessoas que chegarem espontaneamente na unidade, mesmo sem passar pelo primeiro atendimento, também são acolhidas. “Nas noites de frio, quem chegar aqui, vai poder entrar e se instalar em uma das tendas. Estamos preparados, com toda a estrutura para dar todo o suporte necessário”, explica o educador do NIS, Sérgio Murilo Alves. A Operação Inverno disponibiliza ainda os telefones 2242-4554 e 2246-8742 do Centro Pop e do NIS para a população fazer contato com o serviço e alertar quanto a presença de pessoas em vulnerabilidade pelas ruas.

Ao chegar no NIS, a pessoa recebe lanche noturno, conta com estrutura para higiene pessoal, recebe roupas limpas e é direcionada a um dos dormitórios com cobertores. Após passar a noite, as pessoas encaminhadas para o pernoite, recebem café da manhã e são aconselhadas a buscar os serviços oferecidos no Centro Pop. No local, os usuários recebem cuidados básicos iniciais para a higiene e alimentação. Todos os dias, incluindo sábado, domingo e feriados, os usuários contam com café da manhã, almoço, café da tarde e jantar, oferecido no NIS. Também podem limpar suas roupas, tomar banho e guardar os pertences.

No decorrer do atendimento, as pessoas recebem acompanhamento psicossocial e ainda são orientadas a buscar a reinserção na sociedade por meio de ingresso no mercado de trabalho, retorno ao convívio familiar, inserção em cursos profissionalizantes, encaminhamento para a rede de saúde, participação de ações motivacionais, entre outros suportes.



Edição anterior (1675):
quarta-feira, 12 de junho de 2019
Ed. 1675:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1675): quarta-feira, 12 de junho de 2019

Ed.1675:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior