Edição anterior (1789):
sexta-feira, 04 de outubro de 2019
Ed. 1789:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1789): sexta-feira, 04 de outubro de 2019

Ed.1789:

Compartilhe:

Voltar:


  PROCON

Operação Velha Guarda autua duas financeiras e notifica seis no ‘Dia D do Combate ao Empréstimo Abusivo’

            A má publicidade de informações referentes a taxas cobradas e serviços oferecidos por duas agências do BMG em Petrópolis foram os motivos para que ambos estabelecimentos fossem autuados em ação realizada pelo Procon no ‘Dia D do Combate ao Empréstimo Abusivo’. Ao todo foram seis estabelecimentos visitados: além das duas do BMG, Crefisa, Agibank, Help e Zapp. A fiscalização foi realizada entre esta terça-feira (02.10), Dia do Idoso, e quarta (03) e ocorre em conjunto com cerca de outros 40 Procons de todo o país.

            Na fiscalização realizada em Petrópolis, todos os estabelecimentos foram notificados por conta ausência de contrato de permissão para execução de serviços financeiras – que as empresas informaram ter, mas precisam recorrer às suas respectivas matrizes e contadores. Além disso, não havia painel com informação ostensiva e legível sobre a prévia autorização do Branco Centro do Brasil e do Sistema Financeiro Nacional para que esse tipo de transação fosse realizada. Outro problema é a falta de indicação para atendimento preferencial.

            “Essa operação foi desencadeada pela Associação Brasileira dos Procons, o Procon Brasil, após dados indicarem que os idosos e aposentados são o grupo de consumidores mais vulneráveis ao assédio de bancos e empresas de crédito que oferecem empréstimo de forma aparentemente facilitada. Ocorre que, em muitos casos os contratos são irregulares e até abusivos. Por isso, durante a ação fizemos um checklists para verificar se as empresas da nossa cidade estão adequadas à legislação”, explica o coordenador do Procon, Bernardo Sabrá.

            O Procon Brasil enviou uma nota técnica orientando os órgãos sobre os procedimentos que deveriam ser adotado no Dia D, bem como orientações que devem ser repassadas aos idosos e aposentados, como o cadastramento de todos os telefones nos bloqueios de telemarketing; sempre antes de contratar um empréstimo conversar com um familiar e avaliar a real necessidade de contratação; manter uma planilha organizada de despesas e orçamento familiar; e, em caso de dúvidas buscar apoio do Procon.

            “As seis agências têm, agora, 10 dias para responder o Procon dizendo se já se adequaram às orientações passadas ou quais medidas estão tomando para que estejam enquadradas à legislação. Isso é importante para que não sejam multadas e, mais que isso, para que não cometam irregularidade junto à qualquer pessoa que, em um momento de fragilidade financeira, acaba buscando o empréstimo como alternativa para quitar suas dívidas”, destaca Sabrá.

            Quem for vítima de alguma irregularidade deve buscar o Procon para ser orientando. O órgão fica na Rua Moreira da Fonseca, nº 33, no Centro. Em Itaipava o núcleo de atendimento ao consumidor fica no Centro de Cidadania, no número 11.860 da Estrada União e Indústria. Denúncias podem ser feitas pelo WhatsApp no número (24) 98857-5837.



Edição anterior (1789):
sexta-feira, 04 de outubro de 2019
Ed. 1789:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1789): sexta-feira, 04 de outubro de 2019

Ed.1789:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior