Edição anterior (1844):
quinta-feira, 28 de novembro de 2019
Ed. 1844:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1844): quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Ed.1844:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Orquestra de Câmara do Palácio Itaboraí  apresenta concertos gratuitos de fim de ano em Petrópolis e no Rio de Janeiro

Na agenda, estão apresentações na programação do Natal Imperial e no Circuito Música no Museu, no Centro Cultural Banco do Brasil - CCBB

 

A Orquestra de Câmara do Palácio Itaboraí – OCPIT realizará cinco novas apresentações gratuitas e abertas ao público, em Petrópolis e no Rio de Janeiro, fechando a agenda do grupo em 2019. No dia 29/11, sexta-feira, às 15h, a Orquestra se apresenta na Sala Villa-Lobos, do Instituto Villa-Lobos da UniRio. No dia seguinte, 30/11, sábado, os jovens instrumentistas sobem ao palco na Praça da Liberdade, às 18h, integrando a programação oficial do “Natal Imperial”, promovido pela Prefeitura de Petrópolis.

Já no dia 04/12, quarta-feira, às 12h30, a OCPIT se apresenta em formação de camerata no Circuito Música no Museu, no CCBB, no Rio de Janeiro. Formada em 2018, com músicos mais experientes da Orquestra, a Camerata do Palácio Itaboraí conta atualmente com 13 jovens, tendo no repertório músicas eruditas de compositores brasileiros e estrangeiros, novos e consagrados, geralmente dispostas em ordem cronológica. No dia 14/12, sábado, às 15h, a Orquestra volta à sua formação completa e apresenta-se na Igreja Luterana de Petrópolis, com a participação do organista da igreja. E, para encerrar a agenda, nos dias 17 e 18/12, a OCPIT realiza seu já tradicional concerto no Cine Teatro do Museu Imperial, ambas as apresentações às 18h30. No repertório estão obras de grandes compositores, como Haendel, Gluck, Mozart, Tchaikovsky, Villa-Lobos, Guerra-Peixe, entre outros.

 Orquestra de Câmara do Palácio Itaboraí

Formada por 27 jovens músicos petropolitanos, estudantes da rede pública de ensino, a Orquestra é um projeto sociocultural criado em 2013 pelo Fórum Itaboraí: Política, Ciência e Cultura na Saúde, unidade da Fiocruz em Petrópolis. “Ao longo destes sete anos, a Orquestra vem se consolidando e amadurecendo. Nesta trajetória, reafirmamos nossa  missão de proporcionar caminhos e perspectivas mais saudáveis também para os nossos jovens, reduzindo as desigualdades e ampliando o acesso aos direitos. Por isso, através da Orquestra, trabalhamos para apoiar o desenvolvimento desses jovens para que possam não só se envolver com a música, mas terem-na também como profissão, caso desejem”, explica Felix Rosenberg, Diretor do Fórum Itaboraí. Nos anos de 2015 e 2016, a OCPIT recebeu patrocínio da GE-Celma e, desde fevereiro de 2017, a Orquestra recebe o patrocínio da Schott Brasil, ambos por meio da Lei de Incentivo à Cultura, fortalecendo a proposta do projeto, que é desenvolver o aprendizado com perspectiva profissionalizante e humanista.

A Orquestra oferece um curso intensivo e gratuito, com aulas teóricas e práticas de música, além de apresentações regulares de concertos para diversos públicos, principalmente para escolas da rede pública de Petrópolis, com carga horária de 300 horas ao longo do ano. Segundo Celso Franzen Jr., maestro e coordenador da OCPIT, as apresentações da Orquestra no ambiente escolar são parte da metodologia que, de um lado, fortalece o aprendizado e, de outro, divulga a música clássica, compartilhando conteúdo cultural e educativo, formando público e estimulando futuros talentos. “Os convites que temos recebido para nos apresentarmos fora do ambiente escolar estimulam os nossos alunos a se empenharem mais, investirem mais tempo e energia no estudo do repertório da Orquestra, dando visibilidade e mais força ao nosso processo pedagógico”, complementa o maestro.

Atualmente, quatro jovens egressos da Orquestra de Câmara do Palácio Itaboraí estão cursando o ensino superior em música e outros três foram, este ano, aprovados no THE, o Teste de Habilidade Específica, necessário para o ingresso na Universidade na área de música.

Embora todas as apresentações tenham entrada franca, os concertos que acontecerão no Cine Teatro do Museu Imperial estão sujeitos à lotação. Por esta razão, para estas apresentações dos dias 17 e 18/12, é possível reservar o ingresso presencialmente no Palácio Itaboraí, sede do Fórum, localizado à Rua Visconde de Itaboraí, 188 – Valparaíso, ou pelo telefone (24) 2246-1430.

 Fórum Itaboraí – Fiocruz

Inaugurado em 18 de outubro de 2011, como um programa especial da Presidência da Fiocruz, o Palácio Itaboraí abriga o Fórum Itaboraí: Política, Ciência e Cultura na Saúde. O Fórum é um espaço permanente de reflexão e geração de ideias, que tem como principal objetivo reunir intelectuais, cientistas, artistas, gestores e usuários de educação e saúde do Brasil e do estrangeiro, para gerar formulações de políticas e práticas tendentes a reduzir as desigualdades sociais na saúde. O Fórum também desenvolve ações comunitárias que permitam pôr em prática atividades inter e transetoriais. Entre essas práticas se destacam, além da Orquestra de Câmara do Palácio Itaboraí: o Programa de Biodiversidade e Saúde, cujos principais projetos são o Arranjo Produtivo Local – APL de Plantas Medicinais e a Trilha do Arboreto, uma trilha urbana de 808 metros, com um acervo de mais de 400 espécies de plantas vivas e identificadas, sendo a maior parte delas medicinais, que visam disseminar e resgatar os conhecimentos tradicionais e populares do cuidado na saúde; a Orquestra de Câmara do Palácio Itaboraí – OCPIT, um projeto sociocultural que visa oferecer a oportunidade de formação orquestral, humanista e profissionalizante a alunos da rede pública de ensino de Petrópolis; o desenvolvimento e aplicação de tecnologias sociais (como o Diagnóstico Rápido Participativo – DRP, o Teatro do Oprimido e a cartografia participativa) para o estudo participativo dos determinantes de saúde de territórios em Petrópolis e atuação articulada com outros setores, como o poder público e universidades, para o desenvolvimento local; incluem-se, ainda, a Biblioteca Livre do Palácio Itaboraí, com acervo focado nos Programas do Fórum e disponibilização de acesso a bibliotecas virtuais; atividades de apoio à capacitação tecnológica para trabalhadores de saúde; a investigação-ação participativa no campo da promoção da saúde; debates culturais, projetos, eventos e exposições de artes e cultura, entre outras.

 Serviço:

Fórum Itaboraí – Fiocruz

Rua Visconde de Itaboraí, 188 – Valparaíso – Petrópolis- RJ

Tel.: (24) 2246-1430

forumitaborai@fiocruz.br

www.forumitaborai.fiocruz.br

www.facebook.com/forumitaborai



Edição anterior (1844):
quinta-feira, 28 de novembro de 2019
Ed. 1844:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1844): quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Ed.1844:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior