Edição anterior (1178):
quarta-feira, 31 de janeiro de 2018
Ed. 1178:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1178): quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Ed.1178:

Compartilhe:

Voltar:


  CARNAVAL


 
 Pacientes com câncer participam de ensaio fotográfico de Carnaval em Petrópolis 

Monique Dutra - Fotos - Wagner Assis



 
 O Carnaval começou mais cedo para seis mulheres que estão na luta contra o câncer nesta terça-feira (30) no jardim do Hotel Solar do Império, no Centro de Petrópolis, na Região Serrana do Rio. A iniciativa, promovida pela médica oncologista Sabrina Chagas junto com a blogueira Day Sant’Anna proporcionou  um ensaio fotográfico descontraído no ritmo da folia. Todos os momentos foram registrados pela lente do fotógrafo Wagner Assis. Como Carnaval é cor e alegria, a maquiadora Rebeca Simas também se juntou ao grupo para transformar essas mulheres em verdadeiras Divas da Folia. 


 
 - Conseguimos juntar um grupo incrível para proporcionar esse momento. Foi uma manhã leve e divertida. Estamos bem felizes. Acredito que elas também. Normalmente só o lado mais dolorido e devastador do câncer é mostrado. Por isso, resolvemos fazer esse ensaio fotográfico para mostrar que todos podem aproveitar o Carnaval, até mesmo quando se está em tratamento de uma doença  – diz Sabrina Chagas, também autora do livro Como Estamos: O Desafio do Câncer de Mama, no qual relatou a história de um familiar que venceu a doença. 


 De paciente a defensora da luta contra o câncer, a blogueira Day Sant'Anna aposta nessas iniciativas para melhorar a vida de outras pessoas. 

-  Foi um dia para gravar na memória e na alma. Hoje de manhã encontramos seis pacientes contidas e terminamos com com seis divas animadíssimas. Seis não. Sete! Eu me incluo. A alegria delas transformou meu dia. Soa clichê, mas fazer isso por elas realmente faz um bem maior para mim. Sentimento de gratidão – afirma Day Sant’Anna, autora do blog Viver Eu Quero, onde conta toda sua trajetória na luta contra o câncer. 

A cozinheira Vanda Pereira da Silva, de 55 anos, descobriu a doença  através da mamografia em 2015.  A ação representou um dia de felicidade e de quebra de padrão. 

  • Foi uma experiência maravilhosa. Me fez perceber que podemos nos reinventar todos os dias - conta Vanda.
     


Edição anterior (1178):
quarta-feira, 31 de janeiro de 2018
Ed. 1178:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1178): quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Ed.1178:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior