Edição anterior (2249):
quarta-feira, 06 de janeiro de 2021
Ed. 2249:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2249): quarta-feira, 06 de janeiro de 2021

Ed.2249:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

Passageiros reclamam de instabilidades no ‘Vá de Ônibus’

Ontem, usuários de linhas de quatro das cinco empresas não conseguiam acessar o app

Wellington Daniel

 

Em tempos de pandemia, os usuários de transporte público de Petrópolis têm um aliado para descobrir onde os ônibus estão: o aplicativo Vá de Ônibus. Porém, ontem (05), passageiros relataram instabilidades no sistema do app e as linhas das empresas Cidade Real, Petro Ita, Cidade das Hortênsias e Cascatinha não apareciam.

Apesar de ontem as linhas das demais empresas também apresentarem problemas, o estudante Felipe Leonel afirma que tem enfrentado dificuldades em outros dias com os ônibus da Petro Ita. O jovem mora no bairro São Sebastião e conta que não poder identificar onde o coletivo está, só aumenta o problema.

- Com o número de ônibus reduzido, só aumenta o problema de não poder saber onde ele está. Eu, por exemplo, trabalho em um ponto que posso pegá-lo em direção ao ponto final do Centro ou, se andar um pouco, direto para o bairro. Usava o aplicativo para fazer esta escolha, mas agora, dependo da sorte. Também faz com que a gente fique esperando o ônibus no ponto sem ter noção de quando chega – relatou.

De acordo com o estudante, tem linhas que, em alguns dias, somem. Já a 411 – Vital Brasil via Alto da Serra, não aparece no aplicativo. Além disso, há dias em que as linhas até aparecem, mas com o horário desatualizado.

Procurada, a Fetranspor (Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro) confirmou que o sistema enfrenta uma instabilidade, o que afeta a transmissão de dados aos usuários do Vá de Ônibus. Disse que a equipe técnica já trabalha na atualização do aplicativo. Em relação à operação da Petro Ita, disse que irá apurar se o fato está relacionado ao problema de inconsistência do próprio sistema.

O Setranspetro também confirmou a instabilidade e informou o trabalho da equipe técnica para a normalização do serviço. De acordo com o sindicato, com a inconsistência, os usuários podem encontrar dificuldades no acesso às informações de algumas linhas, que podem ser consultadas nos sites oficiais das empresas de ônibus e também no site da CPTrans.



Edição anterior (2249):
quarta-feira, 06 de janeiro de 2021
Ed. 2249:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2249): quarta-feira, 06 de janeiro de 2021

Ed.2249:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior