Edição anterior (1516):
sexta-feira, 04 de janeiro de 2019
Ed. 1516:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1516): sexta-feira, 04 de janeiro de 2019

Ed.1516:

Compartilhe:

Voltar:


  Polícia

Pedestre é assaltado no Bosque do Imperador, no Centro

 

Um homem usando roupas camufladas similares às fardas do Exército Brasileiro, assustou quem passava pelos arredores do Bosque do Imperador, na noite de quarta-feira. Ele atacou um pedestre de 27 anos para roubar o telefone celular que era utilizado pela vítima.

O assalto, segundo a polícia, aconteceu por volta das 22h45. Na ocasião, a vítima estava passando em frente a agência do INSS quando foi rendida pelo suspeito que, de forma violenta, exigiu que o pedestre entregasse o telefone celular. Assustado, ele atendeu a ordem, mas não conseguiu observar se o ladrão estava armado.

O bandido fugiu em seguida, mas a vítima não percebeu a direção que tomava. A Polícia Militar foi acionada e, junto com o pedestre, realizou diligências imediações, mas não localizou nenhum suspeito.

A vítima registraria a ocorrência na 105ª DP (Retiro), ainda ontem pela manhã.

Furtos de celulares: aumento de 4,3% em 2018

De acordo com dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), o número de furtos de telefones celulares cresceu 4,8% entre janeiro e novembro de 2018, na comparação com o mesmo período de 2017. No ano passado, foram 286 ocorrências registradas nas delegacias da cidade, contra 273 no mesmo período de 2017. Em novembro, último mês com estatísticas disponíveis, houve 30 registros - o que representa um caso por dia.

No ano passado - sem levar em conta os dados de dezembro, que ainda não foram contabilizados - o mês com maior número de casos foi outubro, com 34 ocorrências. Em setembro, foram 24; em agosto, 30; em julho, 26; em junho, 21; em maio e abril, 23 casa; em março, 27; em fevereiro, 29; e em janeiro, 19.

No caso dos roubos a telefone celular, no entanto, houve redução: entre janeiro e novembro de 2018, foram registrados 30 casos; e no mesmo período de 2017, 43. Em novembro de 2018, as delegacias da cidade tiveram três ocorrências, mesmo índice de outubro. O maior número de casos aconteceu em agosto: seis celulares foram roubados no oitavo mês de 2018.



Edição anterior (1516):
sexta-feira, 04 de janeiro de 2019
Ed. 1516:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1516): sexta-feira, 04 de janeiro de 2019

Ed.1516:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior