Edição anterior (1765):
terça-feira, 10 de setembro de 2019
Ed. 1765:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1765): terça-feira, 10 de setembro de 2019

Ed.1765:

Compartilhe:

Voltar:


  Pesquisa

Pesquisa mostra que brasileiro valoriza aprendizagem contínua

Levantamento feito em nove países destaca brasileiros entre os que vêem educação continuada como ferramenta essencial para evolução na carreira

Em uma economia em acelerada transformação, na qual o mercado de trabalho ganha nova configuração em ciclos cada vez mais curtos, é preciso estar em permanente aprendizagem. O conceito de lifelong learning (aprendizagem contínua) está fortemente difundido entre os brasileiros. É o que revela uma pesquisa inédita divulgada em agosto deste ano pela empresa britânica Pearson, da área educacional.

O levantamento foi realizado com 21,5 mil pessoas entre 14 e 70 anos em nove países. Entre os brasileiros entrevistados, 84% disseram que enxergam a educação continuada como ferramenta essencial para a evolução na carreira. Os índices são expressivos: 81% enquadraram-se na categoria de “aprendizes ativos”. Ou seja, frequentaram algum curso nos três anos anteriores à pesquisa ou pretendem fazer isso em um prazo de três anos.

O índice supera o verificado em países como África do Sul, Canadá, Austrália, Reino Unido e Estados Unidos. O levantamento também contemplou China, Emirados Árabes Unidos e Índia. Além de visar o aprimoramento na atual área de domínio, os entrevistados apontaram a necessidade de conquista de novas habilidades e competências para fazer frente às demandas do mercado de trabalho. "Na educação, também é preciso estar em um processo constante de inovação. Um profissional que se mantém atualizado e que procura por novas aptidões é muito mais valorizado na hora de procurar emprego", diz o reitor do Centro Universitário Internacional Uninter, Benhur Gaio.

“Esse também é um dos motivos da flexibilidade do centro universitário em oferecer as modalidades de ensino a distância, semipresencial e presencial, além de cursos de graduação, pós e extensão, para encaixar os estudos em qualquer rotina de vida”, afirma Gaio.

 



Edição anterior (1765):
terça-feira, 10 de setembro de 2019
Ed. 1765:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1765): terça-feira, 10 de setembro de 2019

Ed.1765:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior