Edição anterior (1846):
sábado, 30 de novembro de 2019
Ed. 1846:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1846): sábado, 30 de novembro de 2019

Ed.1846:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Petrópolis participa de ação inédita focada no turismo religioso

         

             

 

 Petrópolis estava representada no “Fé no Turismo” - I Seminário de Turismo Religioso do Rio de Janeiro, uma ação inédita no estado lançada pela Secretaria de Estado de Turismo do Rio (Setur-RJ), que aconteceu durante toda esta sexta-feira (29.11). O encontro, que foi realizado no auditório do Museu Histórico Nacional, no Centro do Rio, reuniu autoridades, empresários, acadêmicos e especialistas em quatro mesas de debates. Com mais de mais de cem capelas e igrejas, o circuito religioso é um dos mais procurados entre as atividades turísticas da Cidade Imperial.

            O município estava representado através da Turispetro. “Petrópolis é muito procurada para este tipo de turismo. Temos a Catedral São Pedro de Alcântara, que é um importante patrimônio histórico da cidade, mas também uma imensa diversidade religiosa, como com o Vale do Amor, a Mesquita Baitul Awal, entre outros. É fundamental discutirmos políticas públicas voltadas para a área”, frisa o secretário da Turispetro, Marcelo Valente.

            No seminário, o objetivo foi traçar políticas públicas para o desenvolvimento de produtos e roteiros de Turismo Religioso no Estado. A ideia é a realização de um mapeamento preliminar das vocações fluminenses deste segmento, além de discutir ideias com a abordagem de temas âncora de suporte à iniciativa. Na ocasião, a Setur-RJ também apresentou o Calendário de Eventos de Turismo Religioso do Estado do Rio de Janeiro.

            Em Petrópolis, o setor já vem sendo discutido dentro do Conselho Municipal de Turismo (Comtur). Graças a um grupo de trabalho formado dentro conselho, por exemplo, a Mesquita Baitul Awal, da Comunidade Ahmadia, um ramo pacífico do Islamismo, agora está mapeada no Circuito Religioso do município e passou a integrar a lista dos atrativos turísticos.

Através de sua arquitetura e ornamentos, parte da história da Cidade Imperial é contada através das igrejas e templos. São prédios de diferentes religiões e estilos arquitetônicos. As igrejas católicas são, na sua maioria, dos séculos XVIII e XIX, que geralmente ficam abertas à visitação e guardam verdadeiras obras de arte.

O Rio de Janeiro sediará ainda a 16ª edição do Congresso Internacional de Turismo Religioso e Sustentável, previsto para acontecer em abril de 2020.



Edição anterior (1846):
sábado, 30 de novembro de 2019
Ed. 1846:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1846): sábado, 30 de novembro de 2019

Ed.1846:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior