Edição anterior (1668):
quarta-feira, 05 de junho de 2019
Ed. 1668:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1668): quarta-feira, 05 de junho de 2019

Ed.1668:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade


 Petrópolis presente no Smart City Day

Evento, em São Paulo, é organizado pela Microsoft e SPIN- Soluções Públicas Inteligentes

Petrópolis foi uma das 30 cidades do Brasil que marcaram presença no Smart City Day, evento criado pela Microsoft e SPIN - Soluções Públicas Inteligentes, realizado na última segunda-feira (03.06), em São Paulo, com a intenção de discutir e planejar ações que ajudem as cidades a conseguir soluções, através da tecnologia da informação, para problemas do cotidiano como eficiência energética, por exemplo.

“A inovação pode e deve ser um aliado dos municípios na busca por soluções para problemas diagnosticados pelo poder público. E a participação do evento foi importante porque tivemos a oportunidade de trocar informações e discutir as soluções públicas que podem ser utilizadas na nossa cidade”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini.

Ainda segundo Marcelo Fiorini, o conceito de “smart cities” vem se tornando comum e Petrópolis tem potencial para se tornar referência. “Em Petrópolis temos um setor de tecnologia que vem crescendo a cada ano e também formamos mão de obra especializada que pode contribuir para o planejamento de soluções administrativas para a cidade. O poder público também criou a Lei da Inovação, para incentivar o crescimento do setor. Temos, ainda, um Centro de Operações todo equipado com monitoramento real de diversos pontos da cidade e estamos estudando uma forma de melhorar a eficiência da internet local. Estamos avançando e queremos mostrar que Petrópolis é uma cidade com potencial para abrigar todas as soluções públicas criadas em favor do desenvolvimento da cidade”, acrescentou.

O evento, organizado pela Microsoft e SPIN - Soluções Públicas Inteligentes, contou com palestras e apresentações de cases sobre o investimento "inteligência" nos municípios brasileiros (iluminação pública, mobilidade urbana, saneamento básico, segurança pública, saúde e educação). Segundo o conceito abordado no evento, a adoção de recursos baseados em Internet das Coisas ("IoT") e Big Data na prestação de serviços públicos típicos do ambiente urbano, podem ser usados em equipamentos municipais (luminárias, semáforos, lixeiras, bueiros, câmeras, drones etc.), dotados de inteligência embarcada e capacidade de comunicação em tempo real, entre si e com o gestor público, o que pode proporcionar ao gestor, parâmetros extremamente confiáveis para a tomada de decisões precisas, acertadas e eficientes.

“Fomos convidados a participar do evento e tivemos a oportunidade de discutir projetos inovadores e de cidades inteligentes. Nosso interesse está em implantar um projeto piloto de IOT - Internet das Coisas - em Petrópolis. Será mais um passo para projeto maior, com priorização de ações, para o projeto “Petrópolis, Cidade Inteligente”, explicou o diretor do Departamento de Ciência e Tecnologia, Marcelo Simões.

       Também foram temas de discussões assuntos como “O Papel do Governo Federal, a Nova Frente Parlamentar Mista em Apoio às Cidades Inteligentes e Humanas e os Desafios da Legislação 4.0”; “O Plano Nacional da Internet das coisas (IoT)”; “Redes de Iluminação Pública Inteligentes - Estado da Arte no Brasil e no Mundo, PPPs, Receitas Acessórias e Perspectivas de Mercado” e “Proteção de Dados e Segurança - Cibernética nas Smart Cities”.



Edição anterior (1668):
quarta-feira, 05 de junho de 2019
Ed. 1668:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1668): quarta-feira, 05 de junho de 2019

Ed.1668:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior