Edição anterior (2444):
terça-feira, 20 de julho de 2021
Ed. 2444:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2444): terça-feira, 20 de julho de 2021

Ed.2444:

Compartilhe:

Voltar:


  Incêndio

Petrópolis teve 66 incêndios florestais neste ano

Queda de balão no Fragoso no último fim de semana traz novamente o alerta sobre queimadas no município 

  

Rômulo Barroso - especial para o Diário

A devastação de oito mil metros de vegetação na Comunidade do Fragoso, na Estrada da Saudade, no último fim de semana, trouxe novamente o alerta sobre a ocorrência de incêndios florestais. Só neste ano, de acordo com o Corpo de Bombeiros, foram registradas 66 ocorrências de incêndios em vegetação na cidade. Em 2020, foram 302 registros. Por isso, tanto a Defesa Civil e quanto o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) estão desenvolvendo ações de prevenção e conscientização sobre o risco das queimadas.

A queimada no Fragoso ocorreu após a queda de um balão por volta de 22h de sábado (18/07) e exigiu trabalho de quatro horas até o fogo ser controlado. Dez homens do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil foram mobilizados para atuar na localidade.

Esse tipo de situação traz ainda mais nessa época do ano, marcada por baixa umidade, estiagem, temperaturas baixas, como já havia alertado ainda na semana passada a comandante do 15º Grupamento de Bombeiros Militares (GBM), a tenente-coronel BM Elisangela Matos.

"A situação se agrava durante o período de estiagem, de maio a outubro, quando as condições atmosféricas, como a baixa umidade relativa do ar e a temperatura característica do período, favorecem os incêndios florestais por conta da vegetação mais seca. Peço aos senhores para contribuir para minimizar as queima da nossa vegetação", disse ela, logo após outro balão ter sido pego na cidade - naquele caso, por brigadistas do Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Parnaso) no Caetitu, em Corrêas, antes de provocar incêndios.

A Defesa Civil vem fazendo de forma inédita um monitoramento da cidade e faz uma classificação de risco de incêndios nos distritos. Na última edição, os distritos da Posse, de Pedro do Rio, de Itaipava e de Cascatinha apresentavam risco muito alto e no primeiro distrito, o risco alto.

Por isso, a própria Defesa Civil começa nesta terça-feira (20/07) a realizar uma “Ronda Preventiva”, integrando forças com Corpo de Bombeiros e instituições de proteção ambiental, como ICMBio, Rebio Araras, Reviset, Inea e Ibama para fazer planejamento, monitoramento e vistoria de áreas florestais.

“É um momento decisivo de enfrentamento aos incêndios florestais. O trabalho preventivo, bem como as ações coordenadas e integradas, é fundamental para que a Defesa Civil e os demais órgãos de conservação ambiental estejam preparados para dar uma pronta resposta”, diz o secretário de Defesa Civil, Gil Kempers.

Além disso, o próprio Inea lançou uma campanha chamada de “Fumaça Zero”, com o objetivo prevenir a ocorrência de queimadas e consequentes incêndios florestais nas regiões Serrana e Centro Sul do estado. De acordo com o Inea, além do aspecto educativo, a ação também vai intensificar a fiscalização, com aplicação de sanções administrativas e punição contra eventuais infratores. O Inea afirma que “Os incêndios florestais são, em geral, causados por queimadas para limpeza de pastagem ou plantio agrícola, descarte de pontas acesas de cigarro em estradas ou terrenos, queima de lixo doméstico, balões e ainda por fogueiras em acampamentos”.

A soltura de balões como o que caiu no Fragoso é crime ambiental, com pena de um a três anos de prisão e/ou multa. A Defesa Civil orienta a população a não queimar lixo, não jogar guimba de cigarro acesso próximo à vegetação e não soltar balões como forma de evitar incêndios.

Em caso de emergência, é possível acionar a Defesa Civil pelo telefone 199 e o Corpo de Bombeiros pelo número 193. Denúncias sobre soltura de balões podem ser feitas ao programa Linha Verde, canal do Disque Denúncia para receber informações sobre crimes ambientais: 0800 253 1177 e (21) 2253-1177.

 



Edição anterior (2444):
terça-feira, 20 de julho de 2021
Ed. 2444:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2444): terça-feira, 20 de julho de 2021

Ed.2444:

Compartilhe:

Voltar: