Edição anterior (2200):
quarta-feira, 18 de novembro de 2020
Ed. 2200:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2200): quarta-feira, 18 de novembro de 2020

Ed.2200:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Petropolitano recebe sementes misteriosas da China após fazer compra pela internet

Wesley Fernandes- especial para o Diário

 

Um motoboy de 31 anos, morador da Mosela, procurou a equipe do Diário de Petrópolis depois de receber sementes misteriosas de um site chinês no lugar dos produtos que tinha comprado pela internet. Os recebimentos desses pacotes de sementes não solicitadas estão sendo investigados pelo Ministério da Agricultura. Até o dia 29 de setembro, foram registrados 36 casos semelhantes em nove estados do Brasil.

O petropolitano relatou que os pacotes foram entregues na manhã desta terça-feira (17) em sua residência. Ele disse que tem costume de fazer compras em sites internacionais e sempre recebeu os produtos pedidos. Desta vez, no entanto, ao invés de fone de ouvido, drone e uma máscara militar, o rapaz recebeu nove pacotes de sementes.

- Minha esposa recebeu hoje pela manhã um pacote em nossa casa. Acreditando que se tratava de um dos produtos adquiridos pela internet, ela abriu a embalagem e ficou surpresa ao se deparar com as sementes - contou o motoboy, acrescentando que assim que foi informado pela esposa, entrou no site em que realizou a compra para verificar o status do pedido, onde foi informado que a previsão de entrega é para o dia 16 de dezembro.

Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a origem das embalagens é de países asiáticos, como China e Malásia. Os chineses negam o envio e falam que as etiquetas de postagem são falsas.

O Ministério informou, por meio de nota, que a população não deve abrir as encomendas recebidas pelos Correios não solicitadas e que os pacotes devem ser encaminhados para uma unidade do Mapa ou entidade estadual de agricultura. Ainda de acordo com o Ministério, foram encontrados fungos, bactérias e possibilidade de pragas quarentenárias (que não existem no Brasil) nos pacotes de sementes não solicitados que chegaram ao país.

O Ministério ressalta também que os pacotes não devem ser descartados no lixo para evitar o contato das sementes com o solo, o que poderia causar prejuízos ao meio ambiente e para as áreas agrícolas.

Em Petrópolis, o Núcleo de Defesa Agropecuária fica localizado na Estrada União e Indústria, 11.590, em Itaipava. Mais informações podem ser obtidas através do telefone (24) 2222-9883.



Edição anterior (2200):
quarta-feira, 18 de novembro de 2020
Ed. 2200:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2200): quarta-feira, 18 de novembro de 2020

Ed.2200:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior