Edição anterior (1520):
terça-feira, 08 de janeiro de 2019
Ed. 1520:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1520): terça-feira, 08 de janeiro de 2019

Ed.1520:

Compartilhe:

Voltar:


  Polícia

PM apreende grande quantidade de cocaína e prende dois traficantes do Rio no Jardim Salvador

Philippe Fernandes

 

Policiais militares realizaram, na tarde desta segunda-feira (7), uma mega apreensão de drogas na localidade do Caldeirão, no Jardim Salvador. No total, 1.756 cápsulas de cocaína foram apreendidas e dois traficantes, oriundos da favela Parque União, do Complexo da Maré (zona norte do Rio), foram presos.

A ação foi uma continuidade à operação realizada no mesmo local na última sexta-feira (4). Após informações de que os homens que movimentavam o tráfico na região - e fugiram na primeira operação - estariam na comunidade, os policiais foram ao local. A equipe da PM, formada pelos cabos Magalhães, Borges, Cordeiro, Trindade e Matheus, encontraram um dos suspeitos em casa. Questionado sobre a atividade criminosa, ele indicou que o seu parceiro seria o responsável por esconder o material e indicou o local onde as drogas que não haviam sido recolhidas na primeira ação poderiam ser encontradas. Ao vasculharem a mata, os agentes encontraram 24 cargas de cocaína em um balde. Logo depois, em área próxima, os policiais localizaram outras oito cargas.

Um dos presos disse que estava trabalhando "de graça" para a atividade criminosa, por uma dívida com um traficante do Parque União, preso no dia 4.

Apreensões

A aposta das forças de segurança na apreensão de drogas como forma de desarticular o crime organizado pôde ser vista neste fim de semana, na capital. Uma grande operação foi realizada em várias comunidades do Rio no domingo (6), com o objetivo de localizar e prender os assassinos do policial militar Daniel Henrique Mariotti, morto no sábado (5). A atuação ocorreu nas comunidades do Mandela, Arará, Manguinhos, Bandeira 2, Jacaré e Morar Carioca.

Mais de 400 quilos de drogas foram apreendidos em Manguinhos. A operação também resultou em uma moto e produtos roubados recuperados, além de quatro pessoas presas.

Durante o enterro de Mariotti, no domingo, o governador Wilson Witzel assegurou que o governo "irá vencer o crime organizado, usando de todos os meios para isso". "Nós não vamos permitir que o crime organizado continue barbarizando a nossa sociedade. É preciso agir com rigor. Nós temos a convicção de que vamos vencer o crime organizado. O Estado é mais forte. Vamos utilizar todos os esforços e meios para aniquilar e asfixiar o crime organizado", declarou Witzel, após o sepultamento.

O secretário de Polícia Militar, coronel Rogério Figueiredo, disse que a resposta do Estado será enérgica. "A nossa resposta sempre vai ser muito forte. Não vamos admitir qualquer enfrentamento à Polícia Militar. Qualquer policial militar que for vitimado, a PM dará resposta dentro da forma da lei", disse Figueiredo.

 



Edição anterior (1520):
terça-feira, 08 de janeiro de 2019
Ed. 1520:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1520): terça-feira, 08 de janeiro de 2019

Ed.1520:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior