Edição anterior (2370):
sexta-feira, 07 de maio de 2021
Ed. 2370:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2370): sexta-feira, 07 de maio de 2021

Ed.2370:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Policial morto no Rio era de Petrópolis


 O policial civil André Leonardo de Mello Frias, de 48 anos, morto durante uma operação no Jacarezinho, no Rio, era petropolitano. Ele cresceu no Loteamento Itamarati, em Cascatinha, e estudou no Colégio Instituto Social São José.

André deve ser enterrado nesta sexta-feira (07). Ele deixa esposa, uma policial civil com quem estava casado desde 2018, e um enteado de 10 anos. O policial também era responsável pelo sustento da mãe, que sofreu um AVC há três anos e vive sobre uma cama.

Na quinta-feira (06), o agente foi atingido por um tiro na cabeça por volta das 6h, quando começou uma operação da Polícia Civil contra o tráfico de drogas no Jacarezinho. Ele tinha acabado de descer do Caveirão, o veículo blindado da Polícia Civil.

O policial chegou a ser atendido no hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Ele foi uma das 25 pessoas que morreram na ação. Segundo a polícia, 24 eram traficantes.

André tinha oito anos de corporação e atuava na Delegacia de Combate às Drogas.

Foto: Reprodução Redes Sociais



Edição anterior (2370):
sexta-feira, 07 de maio de 2021
Ed. 2370:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2370): sexta-feira, 07 de maio de 2021

Ed.2370:

Compartilhe:

Voltar: