Edição anterior (1578):
quinta-feira, 07 de março de 2019
Ed. 1578:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1578): quinta-feira, 07 de março de 2019

Ed.1578:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

População do Siméria cobra reformas em área de lazer

 
 

Natália Rodrigues

Sem ter um parquinho em boas condições de uso, moradores do Siméria pedem melhorias para a única área de lazer localizado à Rua Manoel Francisco de Paula. Há meses foi iniciada uma reforma no telhado que cobre o espaço, mas os reparos pararam por aí. Com o passar do tempo e uso frequente, os brinquedos acabaram se deteriorando.

Segundo relatos feitos por um morador que não quis ser identificado, as obras teriam sido iniciadas após uma visita do prefeito ao bairro, mas não tiveram continuidade.

- Alguns meses atrás quando o prefeito veio visitar a comunidade, cobramos a reforma do telhado do parquinho. E em poucos dias uma equipe esteve aqui e reformou, mas como começou a chover prometeram que iriam concluir os trabalhos em outro dia, só que já passou muito tempo e até hoje ninguém voltou – contou.

Ele destaca que o parquinho é usado pelas crianças do bairro, principalmente pelos alunos da creche, mas devido ao risco, não estão utilizando o espaço.

- Atualmente estamos sem parquinho para as crianças, pois está todo quebrado, muito perigoso, porém algumas brincam assim mesmo – falou.

Na semana passada, a artesã Luana Rempto de Rezende se surpreendeu de forma negativa ao levar o filho para brincar no local.

- Arrancaram os balanços, o escorrega está sem a proteção lateral. Um dos brinquedos que é tipo uma roda foi arrancada. E é uma pena, pois esta é praticamente a única área de lazer do bairro, mas abaixo até tem uma pracinha menor, mas fica mais afastada e também não recebe melhorias – disse.

Ela espera que as benfeitorias sejam realizadas o mais breve possível, devido ao tempo de espera que aguardam os serviços.

- Como fica praticamente no centro do bairro, quem vem ao posto ou na creche aproveita para deixar os pequenos brincando por aqui. É muito triste os brinquedos não receberem os mesmos cuidados que os da Praça da Liberdade, pois nem sempre podemos levar os filhos nesse espaço – contou.

A redação do Diário de Petrópolis questionou a prefeitura, porém até o fechamento desta edição não recebeu uma resposta.



Edição anterior (1578):
quinta-feira, 07 de março de 2019
Ed. 1578:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1578): quinta-feira, 07 de março de 2019

Ed.1578:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior