Edição anterior (1647):
quarta-feira, 15 de maio de 2019
Ed. 1647:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1647): quarta-feira, 15 de maio de 2019

Ed.1647:

Compartilhe:

Voltar:


  Economia

Preço do etanol dispara em Petrópolis e chega a 81,29% do valor do litro da gasolina

Valor médio subiu, em cinco meses, três vezes mais que estimativa de inflação para todo o ano

Philippe Fernandes

As últimas previsões de economistas apontam que a inflação oficial deve ficar em 4,04% neste ano. Em pelo menos um produto, no entanto, a variação registrada em apenas cinco meses já superou, em muito, o índice inflacionário: o preço do etanol, o álcool combustível. O produto começou a ser vendido em 2019 pelo preço médio de R$ 3,63; e, de acordo com a última medição, está em R$ 4,13, um acréscimo de 13,77%.

Os dados são de levantamentos realizados pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), que realiza a pesquisa em 18 postos de abastecimento localizados em diversos bairros do município. Na última pesquisa, realizada no dia 8, houve uma variação de 58 centavos: o menor preço registrado foi de R$ 3,88, no Auto Posto Nat, do Quissamã; e o maior valor registrado, de R$ 4,46, foi encontrado no Maria Cumprida, de Araras.

Entre o menor e o maior valor, apareceram o Alps, da Coronel Veiga (R$ 3,89); Estrada Mineira (R$ 3,94); Pio Monte, do Quissamã (R$ 3,98); Ônix 1243, do Quitandinha, Posto de Gasolina Bingen, Borracheiro e Posto de Abastecimento de Itaipava e Preditiva (os quatro com preço de R$ 3,99); Ipi Center, do Centro (R$ 4,04); Auto Posto Montecaseros (R$ 4,09); Imperial de Petrópolis, Amarelinho de Petrópolis e Posto União de Corrêas (os três com preço de R$ 4,19); Auto Posto Vale do Samambaia (R$ 4,34); Auto Posto Bonsucesso (R$ 4,38); e os postos Itaipava e União (ambos com R$ 4,39).

Com esse súbito crescimento, o preço do álcool combustível está longe de ser vantajoso para o consumidor. A média de R$ 4,13 pelo preço do produto corresponde a 81,29% do valor cobrado pela gasolina - R$ 5,08. De acordo com especialistas sobre o assunto, para que o etanol seja mais em conta, o combustível precisa corresponder a 70% do preço da gasolina.

Gasolina

O preço do combustível mais utilizado pelos petropolitanos, a gasolina, também teve ligeiro aumento na última pesquisa, mas dentro das margens dos levantamentos anteriores realizados pela ANP. A gasolina é oferecida ao consumidor, em média, por R$ 5,08. O menor valor foi registrado no Auto Posto Nat, do Quissamã - R$ 4,89. Já o combustível mais caro, R$ 5,39 o litro, foi encontrado no Posto Maria Cumprida, em Araras.

O Alps cobrou R$ 4,94; o Estrada Mineira, R$ 4,95; o Pio Monte, R$ 4,96; e o Ônix 1243, R$ 4,98. Quatro postos tiveram preço de R$ 4,99: Posto de Gasolina Bingen, Borracheiro e Posto de Abastecimento, Preditiva e  Ipi Center. No Auto Posto Montecaseros, a gasolina estava saindo por R$ 5,04.

Em sete unidades de abastecimento, o valor cobrado foi o mesmo: Imperial de Petrópolis, Amarelinho, os dois postos União, Vale do Samambaia, Bonsucesso e Itaipava - em todos eles, o litro da gasolina saía por R$ 5,19.



Edição anterior (1647):
quarta-feira, 15 de maio de 2019
Ed. 1647:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1647): quarta-feira, 15 de maio de 2019

Ed.1647:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior