Edição anterior (1646):
terça-feira, 14 de maio de 2019
Ed. 1646:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1646): terça-feira, 14 de maio de 2019

Ed.1646:

Compartilhe:

Voltar:


  Saúde

Prefeito Bernardo Rossi recebe novos equipamentos que estão chegando para o HMNSE

Parte dos novos aparelhos já foi entregue ao hospital onde funcionará o Centro de Ortopedia

 
 O prefeito Bernardo Rossi acompanhou nesta segunda-feira (13.05) a entrega de parte de 26 novos equipamentos para o Hospital Municipal Nelson de Sá Earp (HMNSE). O investimento total R$ 1,4 milhão resultará em maior suporte e mais agilidade, principalmente para os pacientes de urgência, que poderão contar com aparelhos de tecnologia avançada. Um dos equipamentos é um aparelho de densitometria óssea, o primeiro da rede pública.  As novas aquisições serão distribuídas pelos setores do hospital e farão parte da nova estrutura do Centro Municipal de Ortopedia (CMO) que tem previsão de inauguração no segundo semestre

Além do densitômetro, dois cardioversores/desfibriladores e 20 aparelhos de pressão, foram entregues nesta segunda e o restante das aquisições, um tomógrafo e dois ultrassons, estão em fase de licitação.

“Esse é mais um incremento para a rede de saúde pública do município. Com esses novos equipamentos os usuários contarão com estruturas avançadas para a obtenção de laudos”, destaca o prefeito Bernardo Rossi, que esteve na unidade para entregar os novos equipamentos ao lado do vice prefeito, Baninho; do secretário chefe de Gabinete, Renan Campos e vereadores Silmar Fortes e Justino do Raio X.

Os novos aparelhos do HMNSE garantirão, além de agilidade e precisão para os laudos, mais eficácia para os atendimentos dos casos de urgência. Como é o caso dos cardioversores/ desfibriladores, em versão mais moderna, oferecem mais precisão para a verificação do ritmo cardíaco. Com os densitômetro e ultrassons será possível dar maior suporte para a demanda da rede. “Com esses novos aparelhos à disposição será possível descentralizar o atendimento do Hospital Alcides Carneiro e dar maior suporte para os exames de imagem no município. Haverá maior cobertura para os pacientes do primeiro distrito”, destaca a secretária de Saúde, Fabíola Heck.

A especialização do HMNSE em ortopedia será ainda maior a partir do novo departamento, o CMO. Em fase de estruturação, já foi concluído o processo de seleção da empresa que realizará as adaptações do prédio ao lado do hospital. Assim que as intervenções iniciarem, a estimativa é de que o novo setor esteja pronto em 90 dias. O novo departamento pretende ser referência ambulatorial especializado no tratamento da artrose. O objetivo é oferecer na unidade tratamentos alternativos aos procedimentos cirúrgicos, como é o caso da aplicação do ácido ialurônico. “O paciente vai encontrar suporte de forma que consiga evitarinternações e ofereça opções de recuperação que não seja a cirurgia”, destaca o diretor do HMNSE, Nilson Wayand.

Para o CMO estão sendo investidos R$ 110 mil e no setor será instalado o primeiro aparelho para a realização de exame de densitometria óssea. Atualmente o município oferece esse atendimento a partir de convênio com a Clínica Radiológica Pedro II. A rede pública de saúde vai conseguir absorver a demanda com equipamento próprio. “Esse aparelho é muito importante para as análises de perda óssea em mulheres no climatério até o período pós menopausa e para os idosos. É um diagnóstico importante para se atuar de forma preventiva em casos de osteoporose”, destaca a secretária de Saúde.

Novas melhorias estão previstas para o hospital

            Além da criação do Centro Municipal de Ortopedia, o hospital receberá intervenções para a reforma da cozinha. A unidade já vem recebendo melhorias internas, como no estoque de medicamentos e alimentos. Durante a visita para a entrega dos equipamentos, o prefeito Bernardo Rossi visitou a dependências da unidade e verificou o atendimento aos pacientes.

Na enfermaria, foi constatada a organização do setor, com leitos reservados com cortinas. A aposentada Maria José Queiroz, 64 anos, elogiou e estrutura e atendimento do hospital. Nas últimas três semanas, a usuária acompanhou a mãe de 87 anos que estava internada e recebeu alta nesta segunda-feira (13.05). “Minha mãe foi muito bem atendida nesses dias que esteve aqui”, destaca Maria José. Durante a visita, o prefeito conversou com pacientes e verificou o estoque de alimentos e medicamentos.

 



Edição anterior (1646):
terça-feira, 14 de maio de 2019
Ed. 1646:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1646): terça-feira, 14 de maio de 2019

Ed.1646:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior