Edição anterior (2050):
domingo, 21 de junho de 2020
Ed. 2050:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2050): domingo, 21 de junho de 2020

Ed.2050:

Compartilhe:

Voltar:


  Serra de Petrópolis
 

Prefeito e entidades anunciam medidas para evitar prorrogação de contrato da Concer

Contrato vence em abril, mas ministro anunciou licitação só no fim de 2021

Jaqueline Ribeiro - especial para o Diário

Preocupados com os prejuízos pelo adiamento para o fim de 2021 da licitação para escolha da empresa que irá administrar a BR-040 - principal via de acesso à cidade - Prefeitura, Câmara de Vereadores e entidade como Sicomércio e Conventions Visitors Bureau, anunciaram que irão questionar Ministério da Infraestrutura sobre o caso.  Em comum entidades e governo têm as críticas a qualidade dos serviços prestados pela Concer - cujo contrato de concessão foi assinado em 1995 e  vence em abril do ano que vem - e  o objetivo de evitar que a retomada da economia da cidade seja prejudicada após a pandemia de covid-19, com o adiamento do certame para escolha de uma nova empresa e uma possível prorrogação do atual contrato.

O prefeito Bernardo Rossi anunciou que irá acionar o Ministério da Infraestrutura para tentar barrar a prorrogação do contrato da Concer -  concessionária administra o trecho Rio-Juiz de Fora. O adiamento da licitação foi anunciado pelo ministro da Infraestrutura Tarcisio Gomes de Freitas. Em uma transmissão pelas redes sociais o ministro falou que a atual configuração das administração dos trechos vai mudar e que a licitação para escolha da empresa que ficará responsável pela rodovia, deverá acontecer somente no fim do ano que  vem. De acordo com o prefeito, a medida pode causar prejuízos a cidade e irá prejudicar a retomada da economia após a pandemia de covid-19.

- Vamos acionar o Ministério da Infraestrutura, pois uma possível prorrogação vai ser muito ruim para a cidade. Trabalhamos nos últimos anos pelo contrário, pela antecipação da licitação.Temos buscado isso incansavelmente  junto a diversos Ministérios e nos deram o posicionamento de que seria mais rápido esperar até 2021 para que o contrato fosse encerrado. Agora temos esta má notícia sobre o adianto. Vamos continuar cobrando que a licitação seja acelerada, que haja manutenção da pista atual - que eles chamam de antiga - assim como que a conclusão das obras da nova subida da Serra seja também acelerada, pois isso  é muito importante para a economia de Petrópolis. A cidade não pode continuar sendo prejudicada - afirma o prefeito Bernardo Rossi, lembrando que ainda em 2017 o município foi à Justiça para cobrar melhorias nas condições da BR-040.   

O adiamento da licitação também preocupa o presidente do Sicomércio e ex-secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini, que apesar de ter deixado o cargo de secretário da pasta, continuará, como membro do governo, acompanhando o andamento das ações referentes a administração da BR-040, em Brasília.

-  Isso é algo novo que  está sendo anunciado pelo ministro. Então vamos buscar informações para sabermos exatamente o que eles pretendem fazer.   quais são os novos prazos, quando vão começar as audiências públicas, que itens da nossa pauta de reivindicações foram acatadas, como vai ficar esta situação - pontua Fiorini, destacando que uma mobilização também será feita junto ao empresariado da cidade - como sociedade civil a gente sempre estará se mobilizando junto com outras entidade, com outros parceiros para eventualmente cobrarmos soluções e esclarecimentos já que a economia da cidade é totalmente impactada por isso, principalmente o comércio, setores de serviços, turismo, enfim a cidade como um todo, pois a economia da cidade depende disso - afirma Marcelo Fiorini.

O Petrópolis Convention & Visitors Bureau já prepara junto a outras entidades que representam a sociedade civil organizada uma carta de repúdio às decisões do governo federal que podem empurrar apenas para o fim de 2021 o lançamento do leilão para a concessão da BR-040. O adiamento é resultado da inclusão de um trecho antes administrado pela Via 040, entre Juiz de Fora e Sete Lagoas, na concessão que inicialmente seria apenas do trecho hoje administrado pela Concer, entre Rio e Juiz de Fora.

 - Querem nos obrigar a suportar, por mais um ano, os efeitos nocivos de uma concessão antiga e prejudicial a Petrópolis. Pagamos caro por uma estrada que não recebe a devida manutenção, com obras paradas e sem alternativas de escape aos motoristas. Há anos buscamos soluções para esta questão. É frustrante ver que, depois de tanto trabalho para indicar nossas demandas, para mostrar a urgência que temos na realização de melhorias na estrada, estamos, mais uma vez, sendo “esquecidos  É como se dissessem: vocês podem esperar. Mas não. Não podemos mais esperar. O impacto econômico dos problemas em nossos acessos é incalculável, não apenas no turismo, mas em diversos outros setores - criticou o presidente do PC&VB, Samir El Ghaoui.

O adiamento da licitação também foi mal recebido pelo presidente da Câmara de Vereadores, Hingo Hammes que irá cobrar explicações à União e elaborar um estudo sobre os impactos na economia da cidade.

 - Petrópolis há anos é refém de uma concessão que não atende as necessidades da cidade. É lamentável que agora, justamente quando se aproxima o fim do contrato com a Concer, o governo federal anuncie esse adiamento. Nossa expectativa era ver o novo modelo de concessão aplicado já a partir do primeiro semestre de 2021, quando termina o contrato da Concer. Essa mudança significa que sofreremos por mais um ano com os impactos de uma estrada que não recebe a devida manutenção e que custa caro para os petropolitanos. Não podemos aceitar isso. Já esperamos muito tempo. Vamos trabalhar para cobrar da União esclarecimentos sobre essa decisão, estudar os impactos disso para o município e exigir celeridade no processo. Também vamos estudar medidas judiciais que possam assegurar a realização deste leilão o mais rapidamente possível - afirma Hingo Hammes.



Edição anterior (2050):
domingo, 21 de junho de 2020
Ed. 2050:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2050): domingo, 21 de junho de 2020

Ed.2050:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior