Edição anterior (2018):
quarta-feira, 20 de maio de 2020
Ed. 2018:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2018): quarta-feira, 20 de maio de 2020

Ed.2018:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

Prefeitura anuncia barreira sanitária no Moinho Preto

Executivo municipal havia colocado barreira física no local, mas população não aceitou

Wellington Daniel


 A Prefeitura anunciou ontem (19) que vai instalar mais um controle sanitário, desta vez no Moinho Preto. A ação será realizada após a tentativa frustrada de uma barreira física no local. Vídeos de redes sociais mostram que a população do local fez manifestação, pedindo a retirada do bloqueio. Nas imagens, no entanto, é possível ver aglomeração e nem todos usavam máscaras.

As reclamações se deram, pois moradores disseram que teriam a passagem prejudicada. A Cidade Real informou que a linha 139 operou com um micro-ônibus para que a manobra fosse possível. Já a linha 122 ficou sem operar. Passageiros do bairro Fazenda Inglesa deveriam utilizar o coletivo da linha 137, que realiza o itinerário Fazenda Inglesa – Rodoviária do Bingen.

A empresa informou que um fiscal foi deslocado para o local e prestaria orientações aos passageiros. No entanto, estas alterações não foram necessárias por muito tempo. De acordo com o Setranspetro, a operação das linhas seria totalmente restabelecida ainda na tarde de ontem, após desistência da Prefeitura na colocação das manilhas.

No anúncio do controle sanitário, o governo municipal reconheceu o erro. Disse que a ação prejudicou a logística dos coletivos. Disse que, para a implantação, seguirá os moldes das fiscalizações sanitárias já instaladas no Quitandinha, Bingen, Alto da Serra, Bonsucesso e Itaipava.

Entenda

A Prefeitura colocou na tarde de ontem (19) mais duas barreiras físicas em entradas alternativas da cidade. Desta vez, nas comunidades do Amazonas e Moinho Preto. Nesta última, no entanto, as manilhas utilizadas para o bloqueio foram retiradas pouco tempo depois. O intuito da ação é que os motoristas só acessem a cidade pelos caminhos principais, onde estão montadas as barreiras sanitárias.

No Amazonas, duas linhas tiveram o itinerário alterado, de acordo com o Setranspetro. São elas: 422 – Amazonas e 465 – Amazonas (Vila Ipanema), ambas da Petro Ita. As manilhas foram colocadas na Rua Bahia e, devido a isso, os coletivos só trafegam até o trecho onde está localizada a Igreja Batista.

Até o fechamento desta matéria, as duas linhas citadas realizavam o itinerário sentido bairro pela BR-040 e retornavam para o Centro pelo Parque São Vicente.

Barreiras

De acordo com a Prefeitura, 3.106 não puderam entrar na cidade pelas fiscalizações sanitárias. Estes são abordados sobre a origem, destino e motivo da viagem, além do estado de saúde. Caso não atendam as exigências dos decretos, são instruídos a retornar para a cidade de origem. As ações contam com o apoio da Polícia Militar (PM).

- Essa é a hora de evitarmos que a incidência na cidade aumente, e o controle sanitário e as barreiras físicas e móveis, tem exercido um papel atuante nesse trabalho. A barreira fixa é uma alternativa, para não causar desfalque no efetivo da saúde, já que é necessário deslocar enfermeiras do atendimento em hospitais e postos. O prefeito Bernardo Rossi não está medindo esforços para garantir a saúde dos petropolitanos – disse o presidente da CPTrans, Jairo Cunha.

Polêmica com deputado

No dia 4 de abril, o deputado federal Daniel Silveira retirou as barreiras físicas colocadas em um acesso da BR-040 para a Comunidade do Carangola. À época, o parlamentar e o advogado Octavio Sampaio afirmaram que entrariam com uma ação judicial, pois consideravam os bloqueios inconstitucionais.

No entanto, no dia 30 de abril, a justiça negou o pedido do parlamentar e do advogado. A desembargadora Cláudia Telles de Menezes entendeu que as medidas estabelecidas pelo decreto visavam conter a propagação do novo coronavírus.



Edição anterior (2018):
quarta-feira, 20 de maio de 2020
Ed. 2018:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2018): quarta-feira, 20 de maio de 2020

Ed.2018:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior