Edição anterior (1550):
quinta-feira, 07 de fevereiro de 2019
Ed. 1550:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1550): quinta-feira, 07 de fevereiro de 2019

Ed.1550:

Compartilhe:

Voltar:


  Esporte

Prefeitura busca a inclusão social dos surdos através do esporte

Eventos esportivos fazem parte do calendário esportivo do município neste ano

Buscando a inclusão social dos surdos através do esporte, a prefeitura vai realizar uma série de ações em parceria com aAssociação Petropolitana de Surdos (Apes) neste ano.  O calendário esportivo do município prevê a segunda edição do Campeonato Municipal de Futsal para Surdos no dia 28 de julho e a Copa Imperial de Futsal para os dias 19 e 20 de outubro.O Dia de Convivência para alunos com deficiência que estudam na rede municipal de ensino também está na programação dos Jogos Estudantis Municipais (Jems). Através da prática esportiva, os surdos podem demonstrar sua capacidade à sociedade, fortalecer sua autoestima, entre outros inúmeros benefícios.

"O esporte é uma ferramenta fundamental para as pessoas com deficiência e desde o início da nossa gestão oferecemos uma série de atividades na cidade. Além dos ganhos físicos, é uma forma de interação social, de ultrapassar limites e consequente melhoria da autoestima e posicionamento da pessoa com deficiência na sociedade", destaca o prefeito Bernardo Rossi, ressaltando também as atividades em parceria do governo com a APES.

Não existem restrições para a prática de atividades físicas dos surdos e nem esportes mais ou menos adequados, apenas adaptações para cada modalidade. Os principais empecilhos são as limitações linguísticas e comunicacionais. Segundo Luciane Cruz, presidente da Apes, o objetivo é expandir a parceria com a prefeitura para outras modalidades além do futsal.

"Pela primeira vez os surdos foram ouvidos. É importante destacar que a Superintendência de Esportes e Lazer tem buscado ouvir quem sabe sobre os interesses e desejos dos surdos, que são os próprios surdos. Desta maneira, vamos tentar ampliar para mais esportes, incluindo ainda mais pessoas nas atividades", disse Luciane.

No ano passado, foram realizados o I Campeonato Municipal de Futsal para Surdos e a I Copa Imperial de Futsal, reunindo cerca de 250 atletas - somando as duas competições - no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) de Petrópolis, que fica no bairro Caxambu. Em 2017, o município recebeu a Taça Rio de Futsal de Surdos, organizado pela Federação Desportiva dos Surdos do Estado do Rio de Janeiro, na Fábrica do Saber. 

“Acreditamos no potencial dos atletas da nossa cidade, além de sabermos o quanto o esporte pode contribuir na vida dessas pessoas. Desde o início da gestão, Petrópolis recebeu uma etapa da Taça Rio de Futsal de Surdos, graças a nossa parceria com a APES, além da criação de torneios próprios, estimulando a prática esportiva entre os mais jovens”, explica o superintendente de Esportes e Lazer, Leandro Kronemberguer.

Dia de convivência no Jems

"A ideia é promover a inclusão social de pessoas com deficiência através do esporte, além de proporcionar mais saúde e qualidade de vida. A prefeitura oferece os jogos estudantis para todos os alunos da rede e por isso o dia de convivência é tão importante, funcionando como ferramenta de inclusão", explica Clévia Sies, coordenadora de Esportes para Grupos Especiais e Idosos do Instituto Municipal de Cultura e Lazer.

Desde 2017, a prefeitura promove o Dia de Convivência para alunos com PcD que estudam na rede municipal de ensino. O evento deste ano acontece dentro da programação dos Jogos Estudantis Municipais (Jems) em julho. Serão oferecidas aos estudantes atividades recreativas e esportes adaptados, como o tênis de mesa, chute a gol em pares e voleibol para deficientes intelectuais.



Edição anterior (1550):
quinta-feira, 07 de fevereiro de 2019
Ed. 1550:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1550): quinta-feira, 07 de fevereiro de 2019

Ed.1550:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior