Edição anterior (1550):
quinta-feira, 07 de fevereiro de 2019
Ed. 1550:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1550): quinta-feira, 07 de fevereiro de 2019

Ed.1550:

Compartilhe:

Voltar:


  Esporte

Prefeitura convida escolas para o congresso técnico do Jeups

Evento permite que os professores opinem sobre o regulamento, fórmula de disputa e as datas dos jogos

A prefeitura está convidando as escolas municipais, estaduais, federais e particulares para participarem do congresso técnico dos Jogos Estudantis Unificados de Petrópolis (Jeups), que acontece no dia 27 de fevereiro, às 15h, no Centro de Cultura Raul de Leoni. O evento permite que os professores responsáveis por cada instituição de ensino opinem sobre o regulamento e a fórmula de disputa dos jogos, assim como as datas em que cada modalidade será realizada. O objetivo do governo é aumentar o número de crianças e adolescentes participantes em comparação ao ano passando, quando mais de dois mil jovens disputaram o Jeups.

"Precisamos aumentar o número de jovens praticando esporte na cidade e os Jogos Estudantis são parte importante neste processo”, explica o prefeito Bernardo Rossi, ressaltando que a prefeitura quer ouvir os profissionais de ensino envolvidos nas competições. “A conversa com os professores responsáveis pelas escolas é fundamental para o sucesso dos jogos. O congresso técnico é uma maneira de aperfeiçoar a organização, abrindo espaço para que todos opinem para que os jogos sejam ainda melhores neste ano”, destaca o prefeito.

Serão nove modalidades na competição neste ano, sendo cinco coletivas: basquete, futebol de campo, futsal, handebol e vôlei; e quatro individuais: tênis de mesa, xadrez, judô e atletismo. O período de inscrição das escolas ainda será anunciado pela prefeitura, assim como a comissão organizadora do Jeups. Mais uma vez, a ideia é priorizar os jogos nos fins de semana, com o objetivo de garantir a presença dos pais nas partidas.

“É uma grande oportunidade de debater maneiras de melhorarmos a competição, de forma que mais alunos participem dos jogos. Queremos que, cada vez mais, os jovens se interessem em praticar alguma atividade física”, disse Leandro Kronemberguer, superintendente de Esportes e Lazer.

No ano passado, o Jeups igualou o número recorde de escolas participantes, que é de 2002: 44. Os jogos proporcionaram para os estudantes 295 horas de atividades físicas em 895 partidas. Ferramenta importante na integração entre os alunos, a competição também promove mais saúde e qualidade de vida para os participantes

"É fundamental que os nossos jovens pratiquem esportes, proporcionando mais saúde e qualidade de vida, prevenindo doenças. Além dos jogos, acontecem também os treinamentos, feitos no contra turno da escola. São atividades importantes, além da sala de aula", pontua Leandro, explicando que em abril serão definidas as tabelas das modalidades e que os jogos começam em maio.  



Edição anterior (1550):
quinta-feira, 07 de fevereiro de 2019
Ed. 1550:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1550): quinta-feira, 07 de fevereiro de 2019

Ed.1550:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior