Edição anterior (2167):
sexta-feira, 16 de outubro de 2020
Ed. 2167:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2167): sexta-feira, 16 de outubro de 2020

Ed.2167:

Compartilhe:

Voltar:


  VACINA

Prefeitura disponibiliza testes para sífilis na Praça da Inconfidência

Foto/ Portal Acontece em Petrópolis

 

De acordo com a lei Nº 13.430/2017, o terceiro sábado de outubro marca o Dia Nacional de Combate à Sífilis e à Sífilis Congênita. Em virtude disso, durante todo o mês, a Área Técnica de IST/Aids e Hepatites B e C de Petrópolis vem estimulando as unidades de saúde que realizarem ações de incentivo à testagem para a sífilis. Por isso, nesta sexta-feira (16), a equipe da Área Técnica de IST/Aids e Hepatites B e C juntamente com a equipe do Consultório na Rua atuam na Praça da Inconfidência até às 15h30 para a para a realização de testagem para sífilis e outros agravos.

A sífilis é uma infecção sexualmente transmissível (IST) causada pela bactéria Treponema pallidum e detectável por meio de exames específicos. Trata-se de uma doença silenciosa que pode permanecer por muito tempo no corpo humano sem que o indivíduo perceba sinais ou sintomas do agravo. Sendo assim, para o diagnóstico de tal infecção, é necessário procurar o serviço de saúde para a realização do teste rápido (TR).

Em Petrópolis, o TR para a sífilis está disponível nos postos, nas unidades básicas de saúde e na própria Área Técnica de IST/Aids. A sífilis congênita é a sífilis transmitida da mãe para o bebê durante a gestação ou no parto. É essencial lembrar que as gestantes precisam fazer o pré-natal e realizar os exames de acordo com o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde. É importante fazer o TR para sífilis logo na primeira consulta e, se for o caso, realizar o tratamento.

O medicamento para sífilis ultrapassa a barreira placentária e, desse modo, o bebê também é tratado. Vale frisar que todo bebê nascido de mães com sífilis faz seguimento com o infectologista pediatra até a obtenção da alta médica.

Como todas as infecções de transmissão sexual, é fundamental pensar nos métodos de prevenção. O meio mais eficiente de prevenção à sífilis é o uso de preservativos (femininos ou masculinos) em qualquer relação e prática sexual. Todas as unidades de saúde da atenção básica do município tem preservativos para disponibilizar.



Edição anterior (2167):
sexta-feira, 16 de outubro de 2020
Ed. 2167:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2167): sexta-feira, 16 de outubro de 2020

Ed.2167:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior