Edição anterior (1853):
sábado, 07 de dezembro de 2019
Ed. 1853:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1853): sábado, 07 de dezembro de 2019

Ed.1853:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Prefeitura e empresas de telefonia e comunicações estudam melhorias para o acesso às torres do Morin

 

A prefeitura está estudando junto com empresas dos setores de telefonia e comunicações intervenções para melhorias das condições viárias no acesso às torres do Morin. Um primeiro encontro foi realizado na última semana com mais de 30 representantes de emissoras de rádio e televisão, operadores de telefonia, provedores de internet, concessionárias de serviço públicos, estatais e da Associação de Rádio Amadores de Petrópolis para debater obras que podem ser feitas na região conhecida como Castelinho. O próximo passo será um levantamento dos pontos que precisam manutenção e outros serviços que podem ser feitos, como obras de drenagem e contenção.

Todas as empresas que participaram da reunião mantêm bases de operação no local. Por isso, manter em boas condições a Rua Oswaldo Barros – subida do Castelinho – é um fator decisivo para que os serviços dessas companhias continuem no ar, atendendo o petropolitano.

“Essas empresas precisam utilizar essa rua constantemente para que possa fazer a manutenção dos equipamentos e das torres. Por isso que estamos buscando formas de melhorar esse acesso e, assim, garantir que as emissoras, as telefônicas e todas as empresas que prestam serviço possam atender a nossa população da melhor forma possível sempre”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.

A prefeitura já realizou melhorias no local, com aplicação de 15 toneladas de brita corrida em um trecho conhecido como “Pé de Ameixa”. O objetivo agora é fazer intervenções maiores. Por isso, esse grupo se comprometeu em apoiar a prefeitura em busca de recursos para realizar essas melhorias.

“Outra ideia é transformar o Castelinho em um novo ponto turístico do município, já que ele conta com uma trilha e uma vista muito bacana da cidade. Vamos levantar o que é necessário para fazer a estrutura necessária, quais são as intervenções que será preciso fazer e buscar o apoio junto ao governo federal e o Ministério do Turismo”, diz o secretário de Obras, Ronaldo Medeiros.



Edição anterior (1853):
sábado, 07 de dezembro de 2019
Ed. 1853:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1853): sábado, 07 de dezembro de 2019

Ed.1853:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior