Edição anterior (2087):
terça-feira, 28 de julho de 2020
Ed. 2087:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2087): terça-feira, 28 de julho de 2020

Ed.2087:

Compartilhe:

Voltar:


  Serra de Petrópolis

Prefeitura reitera à Secretaria de Estado de Transporte a emergência na realização da licitação da BR-040

Governo do Estado defende ampliação da área da concessão até Belo Horizonte

Novos estudos podem atrasar processo da escolha de nova concessionária para estrada

 

A prefeitura de Petrópolis reiterou mais uma vez a necessidade da realização da licitação para escolha de uma nova administradora da BR-040. Durante uma reunião realizada nesta segunda-feira (27/07) com o secretário de Estado de Transporte, Delmo Pinho, o vice-prefeito, Baninho e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Soares, reforçaram a necessidade emergencial de uma nova licitação. O posicionamento é uma resposta ao fato de que o processo licitatório poderá acontecer somente no final do próximo ano. A informação foi confirmada pelo governo do Estado. A explicação é que para que o valor do pedágio seja menor, é necessária a ampliação da área de concessão da rodovia – até Belo Horizonte – a realização de estudos mais aprofundados para a retomada das obras da Nova Subida da Serra e a inclusão de outras melhorias no processo de modelagem da nova concessão. Para que tudo isso ocorra, o processo poderá atrasar até o final de 2021.

Como o contrato com a atual administradora da estrada terminará no início de 2021 e o processo de licitação vai demorar mais alguns meses, uma das saídas, segundo o Estado, até que seja realizada uma nova licitação, será o governo federal fazer um aporte de verbas para que o Dnit – Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte – assuma a administração do trecho, após o termino do contrato de concessão com a atual administradora.

“Estamos nessa luta há muitos anos e ficamos realmente preocupados com mais uma demora nesse processo. Os petropolitanos são os mais prejudicados e precisamos de solução para esse problema. A estrada não recebe a manutenção adequada, a obra da Nova Subida está abandonada e já apresentamos ao governo federal as intervenções que deverão entrar no novo processo de licitação. Não desistiremos. Precisamos que tanto o Estado quanto o governo federal estejam atentos aos nossos pedidos”, afirmou o vice-prefeito Baninho, que representou o prefeito Bernardo Rossi na reunião.

Na ocasião, o secretário de Estado de Transporte, Delmo Pinho, explicou que o governo do Estado reconhece a precariedade do serviço que é prestado atualmente, mas, defendeu um estudo mais aprofundado sobre a estrada. Segundo ele, o Dnit terá o suporte financeiro necessário – por parte do Minfra - para dar um atendimento melhor aos usuários da estrada, o serviço de guincho será mantido e estão estudando a melhor forma de manter o atendimento médico. Ainda de acordo com o governo do Estado, até o final do mês, será feito o destrato da chamada via 040 – trecho (JF / BH / Brasilia) será devolvido à união e, após esse processo, o estudo para aumento no trecho de concessão terá andamento.

Ainda segundo Delmo, o objetivo do governo do Estado é garantir a modernização das estradas do Rio de Janeiro. “O serviço que será prestado será melhor do que o temos hoje. O projeto tem que ser revisto e temos que garantir que outros fatores importantes entrem no processo da nova modelagem. A retomada da obra da Nova Subida da Serra é muito importante, mas, também precisamos aumentar o volume de obras em outros pontos da estrada”, disse.

Entre as ações necessárias e apontadas pelo Estado e que devem ser levados em consideração na nova modelagem está a garantia da pista de subida ser mantida adequadamente como back-up, avaliação de alternativa para acesso no Quitandinha, melhoria na conexão da BR-040 com a Avenida Brasil, sentido Centro do Rio (falta um viaduto de conexão para amenizar trânsito), melhoria na conexão da BR-040 com a Avenida Brasil, sentido Petrópolis; melhoria na conexão da Linha Vermelha com a Br-040 sentido Petrópolis ( ampliação da pista marginal, melhorar acesso ao Arco Metropolitano), além de uma série de interferências também com a Estrada União e Industria, como por exemplo, adequações dos acessos, como criação de retorno próximo à saída 62 para dar acesso à feirinha, duplicação ponte no Arranha-céu, melhorias no acesso à BR- 495 e construção de acesso em desnível em Araras.

A ligação Bingen-Quitandinha também foi defendida pelo vice-prefeito Baninho. “Muitos pontos defendidos pelo Estado já foram apresentados pela prefeitura para o Minfra. Mas, também precisamos que o Estado nos ajude a fortalecer a criação da ligação Bingen-Quitandinnha. Já solicitamos ao governo federal e isso é urgente”, comentou.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Soares, salientou que todas as ponderações do governo do Estado são pertinentes, técnicas, mas, deixam o governo municipal apreensivo.

“Petrópolis está sofrendo com essa estrada há muitos anos. A complexidade é muito grande. Temos empresas que já sofreram muito e vão continuar sofrendo com o abandono da estrada. Lamento e protesto por mais um adiamento. O temor é com relação ao tempo que isso vai levar devido a complexidade do projeto”, completou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Soares.

A reunião contou com representantes de organizações sociais, bem como o presidente do Sicomércio, Marcelo Fiorini, o vereador Maurinho Branco, Julio Talon - presidente da Celma, Jorge de Botton (Nova NovaMonsanta), Samir El Ghaoui (Petropolis Convention & Visitors Bureau) e deputados federais.

O secretário de Estado de Transporte garantiu que novos encontros serão realizados e que todos os pontos apresentados pelos participantes da reunião serão estudados.



Edição anterior (2087):
terça-feira, 28 de julho de 2020
Ed. 2087:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2087): terça-feira, 28 de julho de 2020

Ed.2087:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior