Edição anterior (1712):
sexta-feira, 19 de julho de 2019
Ed. 1712:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1712): sexta-feira, 19 de julho de 2019

Ed.1712:

Compartilhe:

Voltar:


  Previsão do Tempo

Consumidor encontra diferença de até 50 centavos no preço da gasolina

Em alguns postos, preço voltou a subir; preço máximo registrado foi de R$ 5,39

Philippe Fernandes


 O último levantamento da Agência Nacional do Petróleo referente aos preços dos combustíveis em Petrópolis reforçou a necessidade de o consumidor pesquisar antes de abastecer o carro. Entre as 18 unidades de abastecimentos analisadas em nove bairros nos dias 10 e 12, a variação chegou a 50 centavos. O preço mais baixo foi de R$ 4,89, seguindo a tendência das últimas pesquisas. Os valores mais altos chamaram a atenção: já tem posto cobrando R$ 5,22 e R$ 5,39 pelo litro da gasolina na cidade.

Ao contrário do que normalmente acontece, desta vez os postos que tiveram os valores mais baratos são associados à Petrobras - geralmente os preços mais em conta são registrados em unidades sem bandeira. O Alcatraz, localizado em Itaipava, teve preço de R$ 4,89, segundo a ANP; e o Ecorodo 040, que funciona na BR-040, na altura de Araras, apresentou valor de R$ 4,95. Outros cinco postos tiveram preço abaixo de R$ 5 na última pesquisa: Auto Posto Estrada Mineira (R$ 4,96) e Auto Posto Nat, no Quissamã (R$ 4,98). Ponte de Lima, em Secretário; Mercalub e Barenco & Coelho, ambos na Posse; e o Borracheiro e Posto de Abastecimento, de Itaipava, apresentaram valor de R$ 4,99 pelo litro da gasolina. O Amarelinho de Petrópolis, na Rua Teresa, ofertou valor de R$ 5,09 na última medição.

O preço mais caro, de R$ 5,39, foi encontrado no Posto Maria Cumprida, em Araras, seguido pelo Enzo, de Itaipava, que cobrou R$ 5,22. Outras sete unidades ofereceram valor de R$ 5,19 na semana passada: Barenco & Coelho de Pedro do Rio; Auto Posto Bonsucesso; os dois postos União de Corrêas; Ipi Center, na Rua Treze de Maio; Preditiva, na Rua Montecaseros; e Auto Posto Vale do Samambaia, na Ponte Branca.

Quando a análise é feita a partir das bandeiras, houve praticamente um empate entre os postos vinculados à Petrobras e às unidades sem bandeira: as três unidades independentes analisadas na última pesquisa apresentaram valor médio de R$ 5,05; e os sete postos BR tiveram média de R$ 5,06. Bem acima, estiveram Ipiranga (três unidades pesquisadas, média de R$ 5,12); Shell (média de R$ 5,17 em três postos) e Ale (média de R$ 5,19 em dois postos).

Etanol

Conforme as últimas pesquisas da ANP já haviam divulgado, o preço do etanol segue em alta: em média, o preço foi de R$ 4,06, no último levantamento. O valor mais baixo registrado foi de R$ 3,88, no Auto Posto Nat. Outras duas unidades tiveram preço um centavo mais caro: Preditiva e Borracheiro e Posto de Abastecimento. Os preços mais altos foram registrados no Auto Posto Vale do Samambaia e no Maria Cumprida: em ambos, o litro do álcool combustível saía por R$ 4,29.



Edição anterior (1712):
sexta-feira, 19 de julho de 2019
Ed. 1712:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1712): sexta-feira, 19 de julho de 2019

Ed.1712:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior