Edição anterior (1765):
terça-feira, 10 de setembro de 2019
Ed. 1765:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1765): terça-feira, 10 de setembro de 2019

Ed.1765:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

Princípio de incêndio alerta sobre lixo em rua do Centro

Incidente de segunda na Joaquim Moreira não tomou grandes proporções, mas ligou o sinal de alerta

Antônio Reuther


 Um princípio de incêndio, ocorrido na manhã desta segunda-feira (9), por volta das 11h30, na Rua Doutor Joaquim Moreira, no Centro, chamou atenção de moradores e comerciantes da rua. O fogo foi rapidamente contido, com a chegada dos bombeiros, não deixando nenhum ferido e as causas são desconhecidas.

Um trabalhador, que preferiu não se identificar, informou que o problema poderia ter acontecido a qualquer momento, visto que o acúmulo de recicláveis ao lado da lixeira pode ser visto há muito tempo e já foi comentado por moradores aos órgãos responsáveis.

- Já mandei pedidos para os órgãos responsáveis, mas ninguém toma providências. Fica um pessoal colocando esse papelão aí e isso é muito perigoso. Hoje, os bombeiros chegaram rápido, porém, se ninguém fizer nada para impedir, pode causar um problema ainda maior. Tem motos que ficam estacionadas aqui, e ainda há um poste que, se pegar fogo, acaba com a luz de muita gente. Agora, com essa ocorrência, espero que tomem alguma medida – contou.

Vale lembrar que o Diário produziu uma matéria a respeito do problema de acúmulo de lixo na Rua Doutor Joaquim Moreira no dia 5 de junho. Na ocasião, a Prefeitura não respondeu aos questionamentos em relação ao que seria feito para evitar o problema.

O morador ainda comentou sobre outro problema da rua: a presença de caminhões e carretas. De acordo com ele, há uma placa que proíbe a passagem de veículos pesados, mas é mal colocada. O morador ainda informou que é comum ver caminhões presos em curvas e trânsito prejudicado pela presença dos mesmos.

- Até tem uma placa aqui, mas acho que fica muito mal colocada. Qualquer desavisado entra com um caminhão na rua. Já cansei de ver caminhão preso em alguma das curvas da rua. Já pedimos para modificarem a colocação das caçambas de lixo, pois o caminhão que retira o lixo prejudica muito o trânsito – disse.

Procurada pelo Diário, a Prefeitura informou que o lixo depositado na Rua Dr. Joaquim Moreira é deixado por catadores de papelão. A Comdep afirmou que mantém contato para orientar os catadores a não fazer a armazenagem de papelão dessa forma e vai procurar os trabalhadores novamente. Ao mesmo tempo, a prefeitura e a Comdep vêm planejando medidas para evitar que este tipo de situação ocorra, porém de forma a que não impeça o trabalho dos catadores, que tem neste serviço uma fonte de renda.

A prefeitura estuda destinar um outro local no Centro, em uma área mais afastada de residências e do comércio, onde os catadores poderão armazenar o papelão e fazê-lo de modo adequado até a venda para reciclagem. Outra medida que a Comdep avalia é a conscientização de comerciantes e lojistas do Centro para que o material seja disponibilizado para os catadores próximo ao horário da coleta de lixo comum – que acontece diariamente no período noturno em ruas do Centro.

A Comdep também irá analisar a questão do posicionamento da coletora do local, bem como a CPTrans vai verificar o posicionamento da sinalização viária.



Edição anterior (1765):
terça-feira, 10 de setembro de 2019
Ed. 1765:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1765): terça-feira, 10 de setembro de 2019

Ed.1765:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior